Entretenimento

Matthew McConaughey revela como concebeu seu primeiro livro infantil

Matthew McConaughey, aos 53 anos, conta como um sonho inspirou seu primeiro livro infantil, ‘Simplesmente Porque’, que será lançado em 12 de setembro

Matthew McConaughey / Instagram

A inspiração para o primeiro livro infantil de Matthew McConaughey veio no meio da noite, em um sonho. E não foi apenas um sonho qualquer, foi um sonho em forma de canção.

“Veio para mim às 2h30 da manhã como uma melodia em um sonho”, diz o ator de 53 anos, sobre o que se tornaria ‘Simplesmente Porque’, com lançamento previsto para 12 de setembro. “Era uma canção em minha mente, e eu levantei e a escrevi.”

O livro é uma coleção animada de lições de vida e enigmas desvendados em versos rítmicos. McConaughey compartilha que a obra desencadeou “muitas conversas interessantes” com seus filhos Levi, 15 anos, Vida, 13 anos, e Livingston, 10 anos, além de sua esposa Camila e até mesmo com sua mãe, Kay, sempre exigente em relação a livros.

“Minha mãe tem 91 anos e disse: ‘Isso não é só para crianças. Você até me lembrou de algumas coisas ali dentro’.”

O vencedor do Oscar, cuja autobiografia 'Greenlights' de 2020 se tornou um best-seller, afirma que não havia planejado conscientemente escrever um livro infantil.

“Sendo um pai, você está sempre pensando em seus filhos”, explica McConaughey. “Naquele dia, eu estava conversando com meus filhos sobre coisas novas que eles estavam experimentando pela primeira vez, ou sobre sentimentos confusos. E eu queria fazer isso, mas senti que precisava fazer aquilo, e estava confuso?, ele diz. “Evidentemente, estava em meu subconsciente. Uma vez que coloquei todos os versos no ritmo, ele meio que se escreveu sozinho.”

McConaughey valorizou o feedback de seus filhos em todos os aspectos do livro.

“Eles gostaram. Vida é muito visual, então ela adorou as ilustrações de Renée Kurilla”, diz ele. “Mostrei aos meus filhos. Passamos por cenários [explorados] nele.”

Um dos versos que mais ressoou, segundo ele, foi: “Só porque você está chorando, não significa que você é um chorão. Só porque você mentiu, não significa que você é um mentiroso.”

“Falamos bastante sobre esse verso porque meus filhos já viram isso”, diz McConaughey. “Fazemos isso o tempo todo: rotulamos alguém. Alguém mente para você: ‘Ah, você é um mentiroso’. Bem, isso é uma generalização e é pesado. Se você chama alguém de mentiroso, a pessoa fica na defensiva: ‘O quê, minha essência inteira? Quer dizer que sou todo feito de inverdades?’ Mas se você diz: ‘Não, aquilo foi uma mentira’, essa pessoa tem a escolha de dizer: ‘Eu sei, peço desculpas por isso’.”

No fim das contas, Matthew McConaughey espera que ‘Simplesmente Porque’ seja um ponto de partida para conversas em família e que “fale com a criança que existe em todos nós”. Com o lançamento próximo, seu livro infantil promete cativar tanto jovens leitores quanto adultos com sua sabedoria simples e inspiradora.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos