Entretenimento

Novo filme do Superman será comandado por ex-cineasta da Marvel

James Gunn assumiu o controle criativo da DC e agora é confirmado como diretor de “Superman: Legacy”

All Star Superman
Imagen: DC Comics | All Star Superman

ANÚNCIO

Após assumir o comando do novo Universo DC, o diretor James Gunn agora tem um desafio à parte: reestruturar toda a narrativa a partir de “Superman: Legacy”, o novo filme do Homem de Aço.

ANÚNCIO

O cineasta anunciou, na última quarta-feira (15), que assumirá a direção do novo longa-metragem. Ele já assinava o roteiro da produção, que não terá o ator Henry Cavill no papel principal - uma das principais polêmicas recentes do estúdio.

O novo filme ainda não teve seu elenco anunciado, mas já tem data de estreia marcada: dia 11 de julho de 2025.

“Meu irmão Matt me disse que quando viu a data de lançamento começou a chorar. Eu perguntei a ele por quê. Ele disse: ‘Cara, é aniversário do papai’. Eu não tinha percebido. Perdi meu pai há três anos. Ele era meu melhor amigo. Ele não me entendia quando era criança, mas ele apoiou meu amor por quadrinhos e meu amor por filmes e eu não estaria fazendo este filme agora sem ele”, declarou James, através de sua conta oficial no Twitter.

O cargo já tinha sido oferecido ao cineasta, responsável por popularizar nos cinemas os heróis de “Guardiões da Galáxia”, da rival Marvel.

“Foi um longo caminho até este ponto (...) Então, menos de um ano atrás, eu vi uma entrada, de muitas formas ao redor da herança do Superman - como tanto seus pais aristocratas kryptonianos e seus pais fazendeiros do Kansas formam quem ele é e as escolhas que faz”, justificou.

“Só porque escrevo algo não significa que o sinta em meu coração, visual e emocionalmente, o suficiente para passar mais de dois anos dirigindo, especialmente algo dessa magnitude. Mas, resumindo, eu amo esse roteiro e estou incrivelmente empolgado quando começamos essa jornada”, concluiu, com a hashtag “para o alto e avante!”, lema do personagem nos quadrinhos.

Leia também: Morre baterista de Eric Clapton, que estava preso por matar a própria mãe

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias