Entretenimento

São Paulo ganhará dois novos museus em 2022

Novos espaços serão focados nas culturas de povos indígenas e da periferia; reforma ampliará Museu da Diversidade Sexual

Palácio dos Campos Elíseos, na avenida Rio Branco, 1269, zona central de São Paulo Eduardo Knapp/Folhapress

ANÚNCIO

A cidade de São Paulo ganhará dois novos museus no ano que vem: o Museu das Favelas e o Museu das Culturas Indígenas. O Museu da Diversidade Sexual deverá ser ampliado em 2022. O anúncio foi feito na segunda-feira (6), pelo governador do estado João Doria (PSDB) e pelo secretário de Cultura do estado de São Paulo, Sérgio Sá Leitão.

ANÚNCIO

O Museu das Favelas será instalado no Palácio dos Campos Elíseos (Av. Rio Branco, 1269 - Campos Elíseos), próximo à Praça Princesa Isabel. O local foi construído para servir de residência ao cafeicultor Elias Antonio Pacheco Chaves, em 1899. Treze anos depois, passou a ser a sede do governo estadual, seguindo assim até 1965. De lá até 2006, o prédio foi sendo revezado entre as secretarias estaduais, até que em 2018 passou a abrigar um coworking da Sebrae. A Central Única das Favelas (Cufa) está envolvida no projeto do novo espaço.

Já o Museu das Culturas Indígenas ficará dentro do Complexo Baby Barioni (R. Germaine Burchard, 451 - Água Branca), perto do Parque da Água Branca. O local deveria ter sido um dos legados das Olimpíadas Rio 2016, quando obras de remodelação de estruturas esportivas seriam realizadas em todo o país. O complexo foi inaugurado em 1945, sediou partidas nos Jogos Pan-Americanos São Paulo 1963, até ir perdendo seu uso, por falta de manutenção do espaço.

O Museu da Diversidade Sexual segue dentro da estação República do Metrô de São Paulo, mas ganhará uma sede adicional. O imóvel ainda não foi escolhido, mas deverá ser na mesma região. A ideia é que ele tenha espaço para exposições permanentes e temporárias, com centros de referência e formação (com enfoque em empreendedorismo), espaço de acolhimento, restaurante, auditório e biblioteca. Segundo Doria, o projeto de levar o museu para o casarão da Avenida Paulista, na altura da Rua Frei Caneca, foi trocada por um museu dedicado à gastronomia, futuramente.

LEIA MAIS:

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias