Com 'The Album', Blackpink se consolida como novo fenômeno do k-pop

Entenda o fenômeno que garantiu recorde milionário ao grupo de k-pop Blackpink no lançamento do primeiro CD, com participação de Selena Gomez e Cardi B

Por Juliana Santos - Metro World News*

O primeiro álbum de estúdio completo do quarteto sul-coreano Blackpink estreou na sexta-feira (2) já batendo recordes. Com duração de 24 minutos divididos em oito canções, “The Album” é o disco com mais exemplares adquiridos em pré-venda na história dos grupos femininos do k-pop: mais de um milhão.

O feito pode ser atribuído em parte ao esforço de popularizar o gênero ao redor do mundo. Com quatro canções em inglês, duas parcerias internacionais (“Ice Cream”, com Selena Gomez, e “Bet You Wanna”, com Cardi B), além de participação especial no último álbum de Lady Gaga, as garotas do Blackpink detêm uma legião de admiradores dentro e fora da Ásia. E é deles boa parcela do mérito pelo sucesso de vendas.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Vale Outubro

O esforço dos fãs, traduzido em tempo e dinheiro investido nos artistas, é convertido em recordes e atenção da mídia; o que, por sua vez, traz novos fãs. A mineira Marcella Mendonça, que já garantiu cinco versões do “The Album”, acredita que nenhum artista pode atingir os feitos do Blackpink sem uma base sólida de admiradores. “Na época em que a gente vive, em que o público consome música digitalmente, é impossível vender álbum físico sem fanbase”, diz. “Mas o mérito de atrair um público é todo do artista.”

No dia da estreia, as sul-coreanas viram seu álbum subir ao topo da lista de mais ouvidos no iTunes, reprodutor de áudio da Apple, em 55 países. O clipe de “Lovesick Girls”, canção mais aguardada do disco, foi o vídeo mais acessado no YouTube durante toda a sexta.

Nas redes sociais, ao mesmo tempo em que comemoravam os feitos do grupo, os fãs (unidos sob o nome “blinks”) seguiam firmes, pedindo uns aos outros: “Continuem ouvindo! Isso vai ajudar muito as meninas!”.

Fenômeno coreano

Não é de hoje o sucesso internacional da música sul-coreana: entre 2013 e 2017, o cantor Psy foi recordista de vídeo mais visto do YouTube com sua canção “Gangnam Style”, hoje com 3,8 bilhões de visualizações. O aumento da popularidade da cultura deste país ao redor do mundo ganhou o nome “Hallyu wave”, ou “onda coreana”.


*Com supervisão de Angela Corrêa.

Loading...
Revisa el siguiente artículo