Entretenimento

‘Pacarrete’, de Allan Deberton, é melhor filme em Gramado

Favorito desde sua exibição, quando foi ovacionado pelo público no Palácio dos Festivais, o longa “Pacarrete” saiu da premiação com oito merecidos Kikitos, incluindo melhor filme pelo júri oficial e o popular.

Mas  o Kikito mais aplaudido (inclusive de pé, na noite de sábado) foi o de melhor atriz para Marcélia Cartaxo, que impressiona com a interpretação da personagem-título, uma velha bailarina que não consegue se acostumar com sua vida simples em uma cidadezinha do interior do Ceará. O diretor Alan Deberton, que também ganhou o Kikito, estava emocionado. “Sabíamos que era um filme forte, mas não esperávamos  que ia tocar a plateia de Gramado desta maneira. O carinho das pessoas foi incrível”, relatou, ao receber seu prêmio.

Os demais prêmios para os longas nacionais foram bem distribuídos, com destaque para melhor ator para Paulo Miklos (de “O Homem Cordial”) e um correto Kikito de montagem para “Hebe” – com um recorte atualíssimo sobre o período em que a apresentadora Hebe Camargo enfrentou a censura. Já o prêmio de atriz coadjuvante foi dividido entre Carol Castro (de “Veneza”) e Soia Lira (de “Pacarrete”), mas Soia poderia ter dividido o mesmo com sua colega de elenco, Zezita Matos, com quem faz um belo contraponto à protagonista de Marcélia.

Recomendados

Na primeira premiação da nova mostra de  longas gaúchos, competição que reuniu cinco filmes inéditos produzidos no Rio Grande do Sul, o vencedor foi “Raia 4”, do diretor Emiliano Cunha. A produção também participou da mostra oficial de longas.

Entre os curtas-metragens, o destaque foi para “Marie”, do diretor pernambucano Leo Tabosa, que acompanha o personagem-título na volta para casa depois de muitos anos por conta da morte do pai – o detalhe é que Marie era um homem e agora, como travesti, precisa lidar com o preconceito da família e dos antigos amigos.

Entre os latinos, a sensibilidade feminina falou mais alto. “El Despertar de las Hormigas”, um raro representante do cinema da Costa Rica, ganhou os prêmios de melhor filme pelo júri oficial e pela crítica e também destacou o trabalho das atrizes que interpretam mãe e filhas. Na história, uma mulher humilde precisa enfrentar o marido e a família na sua decisão de não querer mais filhos.

Novos curadores

Na abertura da cerimônia dos Kikitos foram anunciados os curadores da próxima edição do Festival de Gramado: além do jornalista gaúcho Marcos Santuário, que já integrava o grupo, se juntam a ele o jornalista Pedro Bial, da TV Globo, e a atriz e cantora argentina Soledad Villamil. Eles darão sequência ao trabalho de Rubens Ewald Filho e Eva Piwowarski, que morreram no primeiro semestre deste ano.

LONGAS NACIONAIS:
Filme: “Pacarrete”, de Allan Deberton
Direção: Allan Deberton (“Pacarrete”)
Ator: Paulo Miklos (“O Homem Cordial”)Atriz: Marcélia Cartaxo (“Pacarrete”)
Roteiro: “Pacarrete”
Fotografia: “Raia 4”
Montagem: “Hebe”
Trilha Musical: “O Homem Cordial”
Direção de Arte: “Veneza”
Atriz Coadjuvante: Carol Castro (“Veneza”) e Soia Lira (“Pacarrete”)
Ator Coadjuvante: João Miguel (“Pacarrete”)Desenho de Som: “Pacarrete”
Prêmio especial do Júri:
“30 Anos Blues”
Prêmio da Crítica: “Raia 4”, de Emiliano Cunha
Júri Popular: “Pacarrete”, de Allan Deberton

LONGAS ESTRANGEIROS:
Melhor Filme: “El Despertar de Las Hormigas”, de Antonella Sudasassi Furnis  (Costa Rica)
Direção: Juan Cáceres (“Perro Bomba”, do Chile)
Ator: Fernando Arze (“Muralla”, da Bolívia)Atriz: Julieta Díaz (“La Forma de las Horas”, de Argentina)
Roteiro: “En el Pozo” (Uruguai)
Fotografia: “En el Pozo”
Prêmio especial do júri: para as meninas Isabella Moscoso e Avril Alpizar do filme “El Despertar de las Hormigas”
Menção Honrosa
: para a direção de arte de “Dos Fridas” (Costa Rica/México)
Prêmio da Crítica: “El Despertar de Las Hormigas”
Júri Popular: “Perro Bomba”

LONGAs GAÚCHOS:
Melhor Filme: “Raia 4”, de Emiliano Cunha

CURTAS BRASILEIROS:
Filme: “Apneia”, de Carol Sakura e Walkir Fernandes
Direção:
Diogo Leite (“O Menino Pássaro”)Ator: Rômulo Braga (“Marie”)
Atriz: Cassia Damasceno (“Mulher que Sou”)
Roteiro: “O Véu de Armani”
Fotografia: “A Ética das Hienas”
Montagem:
“Invasão Espacial”
Trilha Musical:
“Teoria Sobre Um Planeta Estranho”
Direção de Arte
: “Sangro”
Desenho de Som: “Um Tempo Só”
Prêmio especial do júri: para as atrizes Divina Valéria e Wallie Ruy de “Marie”
Júri da Crítica: “Marie”
Júri Popular: “Teoria Sobre Um Planeta Estranho”
Menção Honrosa: para a menina Ester Amanda Schafe, de “A Pedra”
Prêmio Aquisição Canal Brasil: “Marie”

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos