Entretenimento

Festival Ciranda de Filmes usa cinema para debater infância e ensino

ANÚNCIO

Com uma programação que inclui a exibição de curtas e longas nacionais e estrangeiros, vivências lúdicas, oficinas e rodas de conversa, o festival Ciranda de Filmes realiza sua 3ª edição com o objetivo de discutir a infância e a educação com pensadores, educadores, artistas e cineastas em meio às crises complexas que marcam o tempo de incertezas no qual vivemos.

ANÚNCIO

Leia também:
Cantora mexicana Anahí promove novo disco e fala sobre futura gravidez
Príncipe Harry estaria namorando a cantora Ellie Goulding, diz tabloide inglês

Um dos destaques do evento é o premiado filme “Todo o Tempo do Mundo” (2015, na foto), da canadense Suzanne Crocker, que traz à luz o processo de transformação de uma família durante os nove meses em que fica imersa na natureza.

Ele será exibido no Espaço Itaú Augusta, amanhã e domingo, respectivamente às 19h30 e às 11h, sendo que a última sessão será acompanhada de um bate-papo com a diretora e o pesquisador da criança Gandhy Piorski.

Outro título de peso que ocupa essa mesma tela é documentário “Do Pó da Terra” (2016). Idealizado pelo produtor Fernando Machado e dirigido por Maurício Nahas, o filme lança um novo olhar sobre a produção artística em cerâmica do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais. Além de abrir o festival, ele será exibido amanhã, às 11h.

O festival Ciranda de Filmes acontece até domingo (12) também no Cinesesc. Todas as sessões são grátis.

Veja a programação completa do festival aqui.

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias