Entretenimento

Marieta Severo fala ao Metro Jornal sobre a sua vida e carreira

Existem muitas Marietas. Mãe de três filhas, avó de sete netos, e uma das mais importantes atrizes brasileiras.

Marieta Severo é um exemplo de mulher bem-sucedida. Independente, criativa e empreendedora. Aos 68 anos – 50 de carreira -, já viveu na televisão, no teatro e no cinema os mais diferentes tipos de mulheres: decididas, confusas, recatadas, atrevidas. Em razão do Dia Internacional da Mulher, Marieta falou ao Metro sobre sua vida, carreira e personagens.

Sobre a condição da mulher hoje, afirma nunca ter visto uma época tão cruel. “Outro dia assisti na televisão uma menina de apenas 17 anos enumerando as plásticas, lipos e silicones que fizera. Ela é outra pessoa. Há ranking das siliconadas, concursos. Estão botando silicone até na bunda.”

Mudanças
Depois de 14 anos na pele da comportada mãe de família dona Nenê em “A Grande Família” (TV Globo), a atriz vai viver uma mulher bem mais ousada.

Ela será a amante de Reynaldo Gianechinni, na novela “Verdades Secretas”, que estreia esse ano na faixa da 23h na emissora. “Ela tem qualidades bem diferentes da Dona Nenê”, brinca. Nos palcos, segue com a peça “Incêndios”, na qual vive o drama de uma mãe solapada por uma tragédia familiar.

Mas o sucesso tem seu  preço. Um deles, segundo Marieta, é trabalhar muito. “No final do ano passado fiz “A Grande Família” e a peça “Incêndios” ao mesmo tempo”.

Aliás, parar com “A Grande Família” não foi tarefa fácil. Foram cerca de quatro anos negociando e pensando como fazer. “Depois de tanto tempo no ar você começa a fazer parte da vida das pessoas, tem gente que começou a assistir o programa com dez anos e agora tem 24”.

Apaixonada pela vida e pelo trabalho, Marieta nem pensa em férias. “Gosto muito do que faço”. Prova disso são os teatros Poeira e Poeirinha, no Rio de Janeiro, que administra e mantém com recursos próprios, junto com a amiga, a atriz Andrea Beltrão, espaços que completam uma década em junho deste ano.

Captura de Tela 2015-03-05 às 20.56.28Fora da ficção
Quando não está em cena, Marieta se diz rotineira. Aproveita a liberdade de morar sozinha para dormir tarde. “Adoro a madrugada para ler, ver filmes, ou ficar zanzando pela casa, fico sempre acordada até umas três, e levanto por volta de dez da manhã”. Seus dias só mudam quando está gravando TV ou cinema, conta a atriz.

Vida normal
Marieta também não descuida do corpo. Para manter a forma pratica exercícios diariamente das 11h ao 12h. “Chamam de ginástica inteligente, alongamento, tonicidade e aeróbica”. E complementa com ioga e massagem. Fora isso administra o seu escritório. “É uma vida normal”, diz.

Depois é hora de incorporar a mãe e a avó. “Sempre que dá, fico correndo atrás das filhas e netos. Para matar a saudade, normalmente Marieta reúne toda a família aos domingos, em sua residência no Alto da Gávea, zona sul do Rio. Até o ex-marido, e pai de suas filhas, o músico e escritor Chico Buarque, com quem foi casada durante 30 anos, dá o ar da graça, dizem.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos