Entretenimento

Escritor carioca de 23 anos, Raphael Montes faz sucesso com livro de suspense

Raphael Montes: suspense com sabor bem brasileiro | Bel Pedrosa/Divulgação
Raphael Montes: suspense com sabor bem brasileiro | Bel Pedrosa/Divulgação

“Seu livro é tão bom que nem parece de autor brasileiro.” O carioca Raphael Montes, 23, perdeu a conta de quantas vezes escutou essa frase em sua recente — e auspiciosa — carreira literária. De fato, a tiragem inicial de seu livro “Dias Perfeitos”, lançado recentemente pela Companhia das Letras, foi de 10 mil exemplares — um número incomum para um escritor nacional tão jovem. A aposta deu certo e a editora já vendeu os direitos de tradução para oito países.

A confusão a respeito da nacionalidade de Raphael talvez seja consequência do gênero adotado pelo autor: o suspense. “Dias Perfeitos” é a história de Téo, um estudante de medicina que se descobre apaixonado por Clarice, e, diante da rejeição da moça, decide sequestrá-la.

Esta espécie de ‘road book’ contém elementos consagrados na literatura e no cinema norte-americano, mas com toques genuinamente brasileiros: os personagens estudam na Universidade Captura de Tela 2014-05-18 às 18.19.40Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), escutam Caetano Veloso e frequentam churrascos.

“Acho ser possível fazer uma boa literatura de entretenimento que se passe no Brasil”, afirma o escrior, que recebeu um elogio de ninguém menos que Scott Turow, um dos maiores autores policiais do mundo. Segundo ele, o jovem “redefinirá a literatura policial brasileira”.

O garoto de sorriso largo que acumula fãs e faz questão de atender a todos nas redes sociais escreveu seu primeiro livro aos 16 anos.

“Suicidas” abordava um grupo de amigos diante de uma roleta russa. Sem editoras interessadas no original, Montes inscreveu o livro no concurso Benvirá, em 2012. Não ganhou, mas a empresa decidiu publicar o texto mesmo assim. A obra foi finalista do Prêmio São Paulo de Literatura no ano passado, na categoria autor estreante. Diante do sucesso, a Companhia resolveu investir.

“O autor brasileiro está sendo valorizado aqui dentro e lá fora também. As próprias editoras brasileiras estão interessadas”, comemora Montes.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos