Colunistas

As escolhas do MDB

Pode até ser que mude novamente, mas ontem à noite o PDT conseguiu emplacar o nome do deputado estadual Fábio Cherem como o candidato da coligação “Minas tem Jeito” ao senado. A vaga teria sido oferecida antes ao ex-senador e ex-ministro Hélio Costa, hoje dedicado à iniciativa privada, posteriormente a Mauro Tramonte (PRB) e a Mário Henrique Caixa (PV). O PDT, que faz parte da coligação, bateu o pé e exigiu a vaga, sobretudo depois que se decidiu que haverá apenas um candidato ao Senado, o que significa que ele terá o tempo de rádio e televisão dobrado.

Com isso, a chapa encabeçada pelo deputado Adalclever Lopes, que aliás inaugurou ontem o seu comitê de campanha, está completa. A vice é a representante do PV, Adriana  Buzelin, que era inicialmente candidata à Câmara dos Deputados. Com a chapa completa e com comitê de campanha inaugurado, ao velho estilo, com foguetório e tudo o mais, no bairro Santo Bento, a coligação liderada pelo MDB agora vai atrás dos votos. Ninguém desconhece que Adalclever substitui o ex-prefeito Marcio Lacerda. Ele desistiu da disputa alegando, entre outras coisas, a demora com a judicialização da sua candidatura, que contrariava a orientação do seu partido, o PSB. Mas quem judicializou a candidatura ao governo do Estado foi o próprio Marcio, na expectativa de que poderia resolver a questão o mais rápido possível.

Há notícias, no entanto, pouco alvissareiras para a coligação liderada pelo emedebista Adalclever Lopes. Cerca de 50 prefeitos do antigo PMDB – agora MDB, na era pós Temer – ameaçam deixar o partido para apoiar o senador Antonio Anastasia, por lealdade ao ex-presidente da legenda no estado, Antônio Andrade, que perdeu o partido por manobras atribuídas ao grupo afinal vencedor, entre os quais deputados federais e estaduais. Mesmo tendo na cabeça de chapa agora o correligionário Adalclever Lopes, os prefeitos ameaçam deixar o partido para apoiarem Anastasia e seu candidato ao Senado, Rodrigo Pacheco, outro ex-emedebista, que, a exemplo de Marcio Lacerda, também foi impedido de disputar o governo do Estado pelo seu partido – como a política dá nós!

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos