Colunistas

Planalto emprega 11 vezes mais que a Casa Branca

A Presidência da República tem mais de 3,8 mil assessores, sem contar órgãos vinculados, segundo o Siape, o sistema oficial de gestão dos recursos humanos. Residência e local de trabalho do presidente americano, a Casa Branca dispõe de um contingente de pessoal onze vezes menor: são apenas 377 pessoas para ajudar Donald Trump a administrar o maior orçamento do planeta, de US$4,4 trilhões (R$ 13,9 trilhões). O orçamento do Brasil é quatro vezes menor: R$ 3,5 trilhões.

Lá e cá

Trump tem 83 assessores a menos que os 460 de Barack Obama. Só essa redução faz a Casa Branca economizar US$5,1 milhões ao ano.

Menos é (muito) mais

O presidente dos EUA mora e trabalha no mesmo local. No Brasil, tem dois palácios, Planalto e Alvorada, além da espaçosa Granja do Torto.

Faz de tudo

Não estão incluídos, entre os 3,8 mil servidores do Planalto, aqueles de órgãos como Vice-Presidência, secretarias, Abin, agências, AGU etc.

Números no Congresso

Os EUA, com 120 milhões de habitantes a mais que o Brasil, têm 78 deputados federais a menos. E 19 senadores a mais que os nossos 81.

Lava Jato investiga origem da fortuna de Lula

A descoberta de R$ 9,6 milhões em contas correntes e investimentos do ex-presidente Lula deixou intrigada a força-tarefa da Lava Jato, que investiga o mistério de como o ex-metalúrgico, condenado por corrupção, acumulou tanto dinheiro. Ao ver bloqueados pela Justiça recursos e bens, Lula se queixou de que a “subsistência” de sua família estaria prejudicada. Pelo visto, para ele, dinheiro nunca foi problema.

Conta outra, malandro

Interrogado na polícia, Lula disse cobrar US$ 200 mil por “palestra”, mas ninguém acreditou. Tampouco ele apresentou comprovantes.

Lula não é Clinton

Desde 2015 Lula não faz palestras, para as quais disse cobrar o dobro de Bill Clinton. O ex-presidente dos EUA continua a fazê-las.

Cheque em branco

Emílio Odebrecht revelou que pagava “honorários” a Lula, além de jatinhos, hotéis de luxo etc, para criar “imagem adicional” na África.

Renúncia e rombo fiscal

Distribuidores de etanol paulistas não recolhiam PIS/Cofins. Agora vão pagar uma merreca, 0,2%. Mas o governo não mexe na mina de ouro deles: a importação de etanol podre (altamente poluente) dos Estados Unidos com 0% de imposto de importação. Isto sim, um senhor rombo.

O tamanho da farra

O Senado e Câmara pagam a um total de 15.213 ocupantes de cargos comissionados, incluindo os aspones dos escritórios estaduais dos parlamentares. O Supremo Tribunal Federal só tem 29 cargos em comissão.

Brasília 1%

O Paraná Pesquisa perguntou o que pensa de Brasília quem não mora na cidade: para 68%, “tem mais ladrão que outras cidades”. A bancada de Brasília no Congresso, em média de boa qualidade, tem só 11 dos 594 deputados e senadores (1% do total). São Paulo tem 73. O Rio, 49.

Foco nas reformas

As reformas política e tributária devem dominar os debates no Congresso, no segundo semestre, até porque perdeu força a tão necessária reforma da Previdência.

Fraudando até enquete

Enquete no site do PSDB indagou sobre a condenação de Lula pelo juiz Sérgio Moro. Para mais de 23,7 mil (95% do total), foi “decisão política”. A suspeita é que o resultado foi fabricado por hackers petistas

Mudou a lógica

A lógica da votação da denúncia contra Michel Temer mudou, após a rejeição do relatório que pedia a continuação da ação: a oposição precisa de 342 votos para sepultar o novo texto, relatado pelo PSDB.

Economia porca

Os aviões da Avianca têm os assentos mais confortáveis do mercado, inclusive no espaço entre as fileiras, mas economiza na manutenção: passageiros se queixam de poltronas avariadas, que não reclinam.

Reforma tributária

A principal mudança a ser proposta pelo governo a cerca da reforma tributária é a expansão do Simples, o imposto simplificado. A ideia é aumentar o número de categorias empresariais beneficiadas.

Pensando bem…

… deve ser comum entre ex-metalúrgicos, como Lula, juntar pé-de-meia de R$ 9 milhões…

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos