Colunistas

Temer acha legítimo Renan tentar salvar o pescoço

Claudio-Humberto-colunista-grande-twitter300

O Planalto acompanha sem maiores preocupações as críticas de Renan Calheiros (PMDB-AL) ao governo chefiado pelo próprio partido. A avaliação é de que o senador está preocupado com o próprio futuro, em razão das 13 investigações na Lava Jato. O presidente Michel Temer minimiza a importância das queixas do senador e considera legítimo que Renan se reaproxime de Lula para tentar viabilizar sua difícil reeleição.

Perda de liderança

O líder do PMDB também reage, segundo avalia o Planalto, à perda de força política e liderança para o presidente do Senado, Eunício Oliveira.

Perda de prestígio

Renan se irritou com a nomeação de nome apoiado por Eunício para vaga no Tribunal Regional Federal da 5ª Região, no Recife.

Pelas tabelas

Levantamento do Paraná Pesquisa para o Diário do Poder indica: se a eleição fosse hoje, Renan seria 3º ou 4º mais votado para senador.

Reeleição difícil

Paraná Pesquisa aponta Ronaldo Lessa (PDT) e Teo Vilela (PSDB) favoritos ao Senado. Renan empata com Benedito de Lira (PP).

Estudo mostra que PF perdeu com Carne Fraca

Levantamento da Fábrica de Ideias, agência de tecnologia e comunicação, sobre o noticiário da Operação Carne Fraca, revelou um tiro no pé da Polícia Federal. Das 640 reportagens publicadas entre 17 e 24 de março sobre “a maior operação da história”, 62% foram negativas à instituição. A principal crítica é à impressão de que a Carne Fraca teria sido executada apenas com base nas escutas telefônicas.

Imprecisão

A análise do noticiário da Operação Carne Fraca também criticou sua divulgação sem qualquer informação precisa da extensão das fraudes.

Torniquete

A resposta rápida de Michel Temer foi eficaz para conter a hemorragia na economia: 53% das notícias foram favoráveis ao governo.

Prejuízo gigante

Somente nos primeiros dez dias, a Operação Carne Fraca provocou prejuízos de quase meio bilhão de reais às empresas do setor.

Efeito bumerangue

Apesar do chororô em vídeo, Andrea Neves sabe a resposta à própria pergunta “por que tanto ódio?” Quando foi todo-poderosa do governo do irmão Aécio em Minas, ela foi acusada de perseguir adversários e até de pedir cabeças de jornalistas que não obedeciam as suas ordens.

Novo defensor

O criminalista Alberto Toron, que defendeu petistas durante o julgamento do mensalão no STF e atua no caso do sítio de Lula em Atibaia, agora tem um novo cliente: o tucano Aécio Neves (MG).

PF no encalço

A CPI da Lei Rouanet teve de pedir à PF para achar Rafael Gonçalves Rocha, promotor de eventos que levou R$ 5 milhões por apresentação do maestro João Carlos Martins, que nunca ouviu falar da negociação.

Reforma ‘alternativa’

O deputado Betinho Gomes (PSDB-PE) é favorável à proposta de emenda 282, a reforma política “alternativa”, que acaba com coligações proporcionais e cria uma cláusula de desempenho para os partidos.

Ex-aliados são para sempre

Ex-aliados de Eduardo Cunha tentam barrar na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara projeto que afasta por até 90 dias o membro da Mesa Diretora investigado no Conselho de Ética. Édio Lopes (PR-RR) e Paes Landim (PTB-PI) querem tudo como está.

Alma autoritária

Defensor do governo Nicolás Maduro na Venezuela, o PSOL não abriu o bico sobre a tentativa de golpe do pelanco de ditador, com a cumplicidade pela Suprema Corte, contra o parlamento.

Cachorro magro

Sem Gilmar Mendes, sem Ayres Brito e sem Rodrigo Janot, a audiência pública para discutir o projeto de lei do “abuso de autoridade” do Senado ficou como se esperava: fraca igual cachorro magro.

Tiro certo

Numa tarde de segunda-feira, dia clássico de Congresso vazio, não deu outra. O quórum foi de sete senadores e muitas cadeiras vazias. E, como esperado, menos discussão do que se poderia.

Pensando bem…

…o jogador Loco Abreu fez o que muita gente graúda gostaria: se livrou de Bangu.

 

fotos-claudio-humberto-3-de-abril

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fique por dentro dos bastidores da política na coluna de Cláudio Humberto

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos