Colunistas

Cinquenta e dois anos do Lago de Furnas

jader-kalid colunista

O cenário do Lago de Furnas é estonteante e cria uma união perfeita com as montanhas que cercam o lugar. O mar dos mineiros completa 52 anos, e ali existe uma semelhança muito grande com um dos lugares mais visitados da Europa. Trata-se do Gorges du Verdon – cânions localizados nas proximidades da Riviera Francesa (veja na foto) –, que é considerado um dos mais belos do planeta. Por aqui, em Minas Gerais, o espetáculo da potente paisagem de Furnas é também uma pintura natural. Foi pelas mãos do visionário presidente JK, em 1961, que ocorreu a formação da represa. No dia 12 de maio de 1965, a Usina Hidrelétrica de Furnas foi, oficialmente, inaugurada.

A idealização de Furnas trouxe o desenvolvimento econômico e turístico para toda a região Sul do Estado e despertou o desejo do mineiro que sempre buscou um cantinho com água para o descanso de fim de semana, férias e feriados. Antes, nos anos 70, o foco da mineirada era Guarapari. Depois de um tempo, na década de 80, o desejo passou a ser a Região dos Lagos, em Cabo Frio (RJ). E, em 1990, foi a vez de Furnas ser escolhida, principalmente pelos turistas e investidores de Minas. Eu, particularmente, considero o nosso “mar de água doce” como um dos grandes espetáculos do país. E isso coloca a região no patamar dos principais destinos nacionais.

Jader Kalid é sócio-diretor da revista Exclusive e escreve no Metro Jornal de Belo Horizonte.

 

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos