Colunistas

Profissão publicitário

ANÚNCIO

Thomas-CaseVale a pena ser publicitário no Brasil? A coluna mostra como anda o mercado de trabalho na publicidade, remuneração média dos profissionais e os desejos dos jovens que iniciam na carreira. Acompanhe o papo com Marcia Vazquez, consultora sênior da Thomas Case & Associados.

ANÚNCIO

Como está o mercado de trabalho para os publicitários?
O mercado cresceu de maneira significativa nos últimos anos, pois este profissional tem como atuação principal criar e manter a boa imagem de produtos, serviços, pessoas, empresas e governos. Assim, a publicidade & propaganda é uma das responsáveis por estimular a economia do país ao divulgar produtos e serviços, ao auxiliar a criação/manutenção de marcas fortes no mercado, ao alavancar a conquista de novos clientes, ao promover a leal concorrência e ao favorecer o conhecimento e o contato com o público consumidor, entre outras missões. Hoje o publicitário pode atuar em diferentes tipos de negócios como agências, empresas e veículos de comunicação, estúdios, produtoras de áudio e vídeo, institutos de pesquisa, empresas de mídias sociais, empresas de marketing, empresas de eventos e departamentos de marketing de empresas. Esta expansão de possibilidades de trabalho demonstra quão versátil e atual é a área.

Qual a remuneração média?
No início da carreira, quando o publicitário assume posições de assistente, seja em agências ou empresas, a remuneração média fica entre R$ 1,5 mil e R$ 2,2 mil. Na posição intermediária como a de analista, a remuneração varia de R$ 2,5 mil a R$ 4 mil. Em posições de liderança, nas quais incluímos um gerente de atendimento, por exemplo, a remuneração está em torno de R$ 4,5 mil a R$ 7,5 mil. E nas posições executivas, como diretor de propaganda e marketing, varia entre R$ 10 mil e R$ 15 mil.

Os jovens preferem as agências de publicidade ou as empresas?
Ainda hoje os jovens publicitários têm uma tendência a buscar estágios, inicialmente, em agências e produtoras. Assim, assistimos uma concentração de profissionais neste segmento do mercado de publicidade. Além disso, temos novos mercados abertos para estes profissionais, pois cada vez mais os investimentos publicitários estão abrangendo não só os ambientes off line mas, também, os online, através da internet, redes sociais, blogs, redes móveis de comunicação etc., gerando contratações de publicitários para o ambiente corporativo, pois as empresas estão investindo em conteúdo e na maior interatividade com o consumidor.

João Faria é jornalista e sócio-diretor da Agência Cidadã

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias