Ciência e Tecnologia

Nunca atenda uma chamada telefônica de um número desconhecido

Os hackers, cibercriminosos e golpistas agora recorrem a este método engenhoso com o qual podem roubar de você

Llamadas desconocidas iStock
Chamada desconhecida Cuidado

ANÚNCIO

Os avanços na tecnologia também favorecem os golpistas e hackers, que constantemente ganham ferramentas para tentar executar suas artimanhas. O principal objetivo dos cibercriminosos é roubar suas informações, para depois acessar seus ativos digitais e assim roubar seu dinheiro. Algo novo do qual você precisa se cuidar são as chamadas telefônicas de números desconhecidos, pois existe um método engenhoso no qual gravam sua voz e a usam para usurpar sua identidade.

ANÚNCIO

De acordo com um relatório do Infobae, há especialistas em fraudes digitais ligando para suas vítimas e, ao obter um simples "sim", é suficiente para iniciar um processo de fraude, geralmente associado aos seus produtos financeiros.

É feito através de uma técnica conhecida como "vishing", que nada mais é do que a combinação dos termos "voz" e "phishing". Trata-se de um método em que os golpistas ligam para você e se passam por uma empresa que a maioria das pessoas costuma utilizar e que geralmente gera confiança: seu banco, empresa de telefonia ou de internet.

Fazem uma série de perguntas, e, se possível pedem o máximo de dados possível. No entanto, se não conseguirem, um simples “sim” é suficiente porque estão gravando. Assim, com a sua voz dizendo essas palavras, os criminosos executam fraudes financeiras, como a autorização de levantamento de fundos ou a autorização da subscrição de um serviço sem o seu consentimento.

O vishing

Essa nova técnica, que funciona da mesma forma que o phishing, mas por meio de uma chamada telefônica, tem sido usada para realizar golpes em grande escala. A ESET América Latina nos conta que um dos ataques mais relevantes de 2023 foi realizado por meio desse método.

Dois dos nomes mais importantes de Las Vegas (MGM International e Cesars) foram atacados com poucos dias de diferença pelo mesmo ransomware afiliado ao ALPHV/BlackCat conhecido como Scattered Spider.

No caso da MGM, conseguiram acessar a rede simplesmente através de uma pesquisa no LinkedIn e, em seguida, por meio de um ataque de vishing no qual se passaram pelo departamento de TI e solicitaram suas credenciais. O ataque teve um custo econômico significativo para a empresa. Ela foi forçada a fechar importantes sistemas de informática, o que interrompeu o funcionamento das máquinas caça-níqueis, dos sistemas de gestão de restaurantes e até mesmo dos cartões de acesso aos quartos por vários dias. A empresa calculou um custo de 100 milhões de dólares.

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias