Ciência e Tecnologia

NASA quer apontar um telescópio gigante para o eclipse solar

A ideia é estudar como a atmosfera da Terra reage ao eclipse solar total de 8 de abril na América do Norte

Eclipse solar abril 2024

O próximo eclipse solar em 8 de abril será um evento astronômico único e espetacular que certamente deixará uma impressão duradoura naqueles que têm a oportunidade de testemunhá-lo. A beleza e a majestosidade do momento, juntamente com tudo o que a ciência pode investigar a partir dele, tornam a experiência profundamente comovente e significativa, deixando memórias inesquecíveis e aprendizados que perduram muito depois que o eclipse tenha terminado.

E, claramente, a NASA não ia ficar de braços cruzados. Recentemente, eles revelaram planos para realizar projetos científicos de "eclipse de rádio" com o objetivo de estudar como a atmosfera da Terra reage durante o eclipse solar total que ocorrerá na América do Norte.

Embora o eclipse solar parcial será visível em toda a América do Norte, apenas aqueles dentro de uma trajetória de 115 milhas de largura através do noroeste do México, Estados Unidos e sudeste do Canadá poderão testemunhar o eclipse solar total.

Recomendados

A NASA tem um plano: um telescópio gigante

A NASA está apoiando três projetos de "eclipse de rádio" que usarão receptores de rádio terrestres para investigar a ionosfera da Terra, a parte da atmosfera que é ionizada pela radiação solar.

Os operadores de rádio apontarão seus transmissores para a ionosfera, refletindo sinais nela para ampliar o alcance do rádio AM de longa distância e de ondas curtas ao redor da curvatura da Terra. A ionosfera está localizada entre 37 e 190 milhas acima da superfície terrestre, de acordo com a NOAA.

Durante um eclipse solar total, a densidade da ionosfera experimenta mudanças significativas devido à redução da radiação solar. Isso oferece uma oportunidade única para estudar o campo magnético do Sol e seus efeitos na atmosfera terrestre, de acordo com a Dra. Sarah Gibson da NASA.

Um dos projetos, utilizando o radiotelescópio Goldstone Apple Valley da NASA, irá estudar as emissões de rádio da coroa interna do Sol durante o eclipse solar parcial. Este estudo fornecerá dados valiosos sobre as mudanças nas emissões de rádio do Sol à medida que a Lua cobre gradualmente as manchas solares.

Outra experiência usará três radares de alta frequência para analisar como a ionosfera muda durante o eclipse solar parcial em diferentes locais dos Estados Unidos. Esses dados ajudarão a compreender as mudanças na densidade e temperatura da ionosfera durante um eclipse.

Os entusiastas da rádio-amadorismo também participarão na Investigação Cidadã de Ciência da Rádio-amadorismo, ajudando a catalogar como a perda repentina de luz solar durante a totalidade do eclipse afeta os seus sinais de rádio.

Todos esses projetos científicos aproveitarão o eclipse solar total para estudar diversos aspectos da ionosfera e sua relação com a radiação solar, proporcionando uma compreensão mais profunda da física do Sol e seu impacto em nosso planeta.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos