Ciência e Tecnologia

NASA: 3 missões espaciais de 2024 que terão impacto na ciência; uma delas buscará vida no Sistema Solar

A NASA e outras agências espaciais como a ESA, JAXA ou mesmo o programa da China estão se preparando para desvendar impressionantes mistérios do cosmos

Para el 29 de agosto se espera el despegue del cohete SLS y la nave Orion de la NASA hasta la órbita de la Luna.

O 2023 praticamente terminou para as missões espaciais. Embora diferentes equipes continuem monitorando as atividades dos observatórios e os astronautas estejam na Estação Espacial Internacional, não haverá um lançamento importante nos últimos dias do ano.

Astrônomos, astrofísicos, engenheiros e cientistas em geral estão recarregando suas baterias para chegarem com tudo em 2024, ano em que esperam desvendar novos mistérios das profundezas do universo.

É por isso que vamos conhecer três das missões mais importantes do próximo ano, que nos darão novos conhecimentos sobre o que acontece nas áreas externas da nossa atmosfera.

Missões espaciais de 2024

Retorno à Lua. A NASA voltará ao satélite natural, mas ainda não será com uma missão tripulada. Como parte do projeto Artemis, a agência espacial norte-americana viajará para testar as capacidades do orbitador Orion, no qual os astronautas viajarão.

Será um teste importante, pois antecede a viagem real com astronautas a bordo, planejada para 2025.

O lado oculto da Lua. A missão Chang'e-6 é uma missão espacial da Agência Espacial Nacional da China (CNSA) que está programada para ser lançada em agosto de 2024. A missão pousará no lado oculto da Lua e coletará amostras do solo e das rochas.

A missão Chang'e-6 tem como objetivo coletar amostras da face oculta da Lua para melhor compreender sua composição e história. As amostras também ajudarão os cientistas a entender melhor o impacto de asteroides e outros objetos espaciais na Lua, de acordo com o artigo do El Espectador.

Busca por vida no Sistema Solar. A missão Europa Clipper é uma missão espacial da NASA programada para ser lançada em outubro de 2024. A missão irá estudar Europa, uma lua de Júpiter, em busca de sinais de vida.

Europa é uma lua gelada que possui um oceano líquido de água abaixo de sua superfície. O oceano pode abrigar vida, pois possui os ingredientes básicos para a vida: água, energia e moléculas orgânicas.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos