Ciência e Tecnologia

A Toshiba deixa de ser cotada na bolsa e marca o fim de uma era para a indústria tecnológica

A Toshiba deixa de ser cotada na bolsa de valores após 74 anos sempre tendo estado presente. É o fim de uma era importante para o Japão

Parecia impossível e aconteceu. A Toshiba deixou de ser listada como uma empresa cotada na bolsa de valores. Algo que era impensável alguns anos atrás e agora é uma triste realidade após quase um século de trajetória exemplar.

Quem viveu entre os anos 90 e a primeira década do século XXI, é altamente provável que em algum momento de suas vidas tenham sido proprietários de um laptop ou um acessório informático desta marca.

Sempre se destacou por ser versátil, confiável, com preço acessível e com uma vida útil acima da média na maioria de seus produtos.

No entanto, várias coisas deram errado e algumas decisões terríveis foram tomadas no pior momento possível, o que acabou condenando o destino da empresa e a deixando em busca de compradores.

O fim de uma era: Toshiba deixa de ser cotada na bolsa após 74 anos ativa

Um relatório do site britânico This is Money revela que o antigo gigante japonês da eletrônica, Toshiba, deixou de ser listado na bolsa de valores de Tóquio após estar presente lá por 74 anos.

Tudo isso porque a empresa foi finalmente adquirida pelo grupo de aquisições Japan Industrial Partners (JIP) por 11 bilhões de libras. Em um processo que levou vários meses e chega a uma etapa significativa com o fechamento do pregão.

A aquisição põe fim a um período de agitação e escândalo para a Toshiba. A empresa tem estado em crise desde que foi abalada por um escândalo contábil em 2015, no qual foi revelado que a empresa havia inflado seus lucros por anos.

De tal forma que as finanças reais da empresa foram uma grande mentira durante anos, o que marcou o início de seu colapso quando a verdade veio à tona.

A verdade, no entanto, é que a aquisição da JIP é um voto de confiança na capacidade da Toshiba de se recuperar.

O grupo de aquisições possui uma vasta experiência na gestão de empresas em dificuldades e parece que a previsão a (muito) longo prazo com a empresa é positiva.

Sob a liderança do atual diretor executivo Taro Shimada, a Toshiba irá se concentrar em serviços digitais. A empresa tem uma forte presença no mercado de semicondutores e energia nuclear.

Também é um importante fabricante de eletrodomésticos. Portanto, tudo indica que esses serão os pilares para salvar o que resta da empresa e seguir em frente.

A meta por enquanto é torná-la realmente rentável.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos