Ciência e Tecnologia

O animal mais antigo do mundo reapareceu: ele tem 518 anos

Novamente foi avistado o fascinante tubarão-da-Groenlândia

Hemming1952 / Wikimedia Commons

Nas proximidades de Belize, no Caribe, foi avistado o tubarão-da-Groenlândia, um vertebrado considerado o mais longevo do planeta, com uma idade aproximada de 518 anos.

E, claro, com mais de meio milênio de existência, esta espécie continua a encantar cientistas e amantes da vida marinha.

O vertebrado mais antigo vivo

O tubarão-da-Groelândia, reconhecido por sua longevidade, desafiou as expectativas ao ser observado em uma área atípica de seu habitat natural.

O time de biólogos, enquanto realizava uma marcação de tubarões-tigre, encontrou um exemplar único de tubarão-da-Groelândia nascido por volta de 1505.

Esta espécie normalmente habita em águas frias e, nesta ocasião, mostrou sua presença em um lugar incomum a milhares de quilômetros de seu hábitat tradicional.

Estudos anteriores, liderados pelo biólogo Julius Nielsen da Universidade de Copenhague, revelaram que os tubarões-da-Groenlândia são conhecidos por ultrapassar os 400 anos de vida.

Assim, o redescobrimento ofereceu aos cientistas a oportunidade única de estudar a adaptabilidade e migração desta espécie, que geralmente é encontrada em climas mais frios.

Este evento voltou a lembrar a extraordinária vida do tubarão-de-Groenlândia, cuja existência abrange mais de cinco séculos, tornando-o num testemunho vivo da história do oceano.

LEIA MAIS: Animal marinho desaparecido é avistado novamente após três décadas, mas o encontro termina de forma dramática

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos