Foco

Profissionais da enfermagem ficarão livres do rodízio municipal em SP

Decisão vale para profissionais que atuam no serviço público

Por determinação da Prefeitura de São Paulo, a partir desta quarta-feira os profissionais da enfermagem serão liberados das regras do rodízio municipal de veículos da cidade.

A decisão, a princípio, fica em vigor até o final de fevereiro, quando será novamente analisada pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

Para ficarem isentos da multa do rodízio, os auxiliares e técnicos de enfermagem deverão realizar um cadastro de seus veículos junto ao Conselho Regional de Enfermagem (Coren) e o órgão ficará responsável de encaminhar o cadastro para a CET.

A medida vale para profissionais que residem na região metropolitana de São Paulo que atuam nos serviços públicos de saúde municipal, estadual ou federal. Estes deverão comprovar junto ao Coren o exercício da atividade.

RODÍZIO MUNICIPAL DE VEÍCULOS DE SP

O rodízio municipal de veículos proíbe o trânsito de veículos, de acordo com o final da placa, em alguns horários do dia na região do centro expandido da cidade de São Paulo.

O centro expandido é delimitado pelas seguintes vias: Marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D’Escragnolle Taunay, Complexo Viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias, Viaduto Grande São Paulo e avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf.

Veja os dias e as placas do rodízio de carros

1 e 2 – não rodam na segunda-feira

3 e 4 – não rodam na terça-feira

5 e 6 – não rodam na quarta-feira

7 e 8 – não rodam na quinta-feira

9 e 0 - não rodam na sexta-feira

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos