Pré-Carnaval alegra milhares em São Paulo, mas é marcado por violência

Por Metro World News

Foi só o pré, mas o fim de semana já mostrou que São Paulo está com força total para o Carnaval. Milhares de pessoas saíram às ruas para acompanhar os primeiros 94 blocos entre os 644 que vão desfilar até o fim da folia. A violência também já marcou presença em denúncias de golpes, arrastões e até tentativa de roubo com cinco pessoas baleadas na zona sul.

Os disparos foram registrados durante a passagem de bloco na avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini. Segundo a SSP (Secretaria de Estado da Segurança Pública), um policial civil sofreu tentativa de assalto e reagiu. As cinco pessoas baleadas –  sendo ao menos duas foliãs – foram levadas para hospitais.

Veja também:
Container da Bike Anjo é furtado no largo da Batata
Cai para três número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil

No sábado, cerca de 30 pessoas fizeram um arrastão no cruzamento da rua dos Pinheiros com a rua Fradique Coutinho (zona oeste). Quando a polícia chegou, dois suspeitos estavam sendo agredidos por foliões.

O lado da alegria ficou com os megablocos, que arrastaram multidões. No sábado, Alceu Valença e Elba Ramalho comandaram a massa no Ibirapuera (zona sul). Ontem, o Acadêmicos do Baixo Augusta lotou a rua da Consolação (centro) com sua homenagem aos 90 anos da cantora Elza Soares.

Pré-Carnaval em fotos

MEU BLOCO NA RUA

Deu onda

Não sai da cabeça!
Unicórnios, flores, diabinho, coroas, orelhas de animais… as tiarinhas fizeram sucesso! As viseiras, moda entre o foliões no ano passado, também estavam muito presentes neste pré-Carnaval, assim como as pedras de strass enfeitando o rosto.

Clima de folia!
Depois de uma semana fria, nublada e com chuva, o tempo abriu para a folia passar! No fim de semana teve calor e Sol. Não choveu no sábado e a chuva de domingo foi rápida e bem-vinda para aliviar o calor dos foliões.

Deu ruim

Furtos e pagar no cartão
Os problemas de segurança continuam. No pré-Carnaval, foliões relataram furtos de celular e golpes no pagamento com cartão. Um jovem contou que percebeu saque de R$ 2 mil na sua conta após usar o cartão em um bloquinho (mais informações na página 6).

Não era 3 por R$ 10?
O preço da cerveja subiu. Se no ano passado era possível comprar 3 latinhas por R$ 10, este ano o valor subiu para R$ 12 nos ambulantes credenciados. O aumento é de 20%, para uma inflação oficial de 4,19% nos últimos 12 meses até janeiro.

Loading...
Revisa el siguiente artículo