Social

Presidente da Federação Inglesa de Futebol comenta 'beijo' de Luís Rubiales

Comitê da Fifa impõe suspensão de três anos a Rubiales por comportamento indesculpável

Luis Rubiales foi banido do futebol por três anos devido a suas ações controversas na final da Copa do Mundo Feminina, realizada em Sydney em agosto. O presidente da Federação Inglesa de Futebol, Debbie Hewitt, alega que Rubiales "beijou com força" a jogadora Lucy Bronze após o triunfo espanhol por 1 a 0 sobre a Inglaterra, diz o Mirror.

Rubiales contesta as alegações

O ex-presidente da Federação Espanhola, Luis Rubiales, refuta as acusações da presidente da FA, Debbie Hewitt, alegando que seus gestos foram mal interpretados. Ele destaca circunstâncias específicas, como a lesão de uma jogadora inglesa durante a final, como justificativa para suas ações.

Publicidad

O comitê disciplinar da FIFA criticou duramente o comportamento de Rubiales, apontando que suas ações foram conduzidas com uma sensação de "completa impunidade". A decisão enfatiza a expectativa de altos padrões de profissionalismo, especialmente em um momento crucial para o futebol feminino.

A FIFA impôs a suspensão de três anos a Rubiales, destacando o impacto negativo nas imagens da FIFA, do futebol feminino e do esporte feminino em geral. Rubiales expressou a intenção de recorrer da decisão.

Essa decisão repercute não apenas nas questões disciplinares, mas também levanta questões sobre a conduta ética no esporte. O futebol, especialmente em eventos de destaque como a Copa do Mundo, exige um padrão elevado de comportamento, e Rubiales agora enfrenta as consequências de suas ações inapropriadas.

Siga-nos noGoogle News

Conteúdo patrocinado

Últimas Notícias