Social

Tailandesa procura três amantes para o marido e promete salário de R$ 2,2 mil; entenda a história

Ela disse que o motivo da prova de amor é que ela não consegue satisfazer o marido sexualmente

Ela revelou o motivo da inusitada prova de amor

A prova de amor que uma tailandesa quer fazer ao marido chamou a atenção de muita gente por um motivo inusitado: ela está recrutando três mulheres para serem amantes do homem e promete pagar um salário de R$ 2,2 mil para cada uma. Além disso, ela revelou algumas regras que devem ser seguidas pelas candidatas ao “emprego”.

Em entrevista ao jornal “The Mirror”, a tailandesa Pattheema Chamnan, de 44 anos, contou os motivos que a levaram a procurar mulheres para “agradar seu marido fisicamente”. Ela disse que enfrenta problemas de saúde mental e, por isso, não consegue satisfazer sexualmente o parceiro, identificado como Pattagorn.

“Eu não tenho dormido com o meu marido. Isso faz com que eu me sinta uma péssima esposa”, lamentou Pattheema.

Assim, ela contou que teve a ideia de “contratar” as amantes que possam suprir as necessidades sexuais de Pattagorn. “Quero encontrar amantes para o meu marido, pois estou lutando fisicamente. Tenho depressão crônica e sinto que não posso cuidar bem dele”, disse.

Mas para aceitar o emprego as candidatas precisam se enquadrar em alguns requisitos, como ser jovem e solteira; possuir diploma universitário; não ter filhos; ser apresentável; se comunicar bem; ter boa personalidade; ser divertida e estar disposta a agradar o homem fisicamente.

E Pattheema revelou já ter duas candidatas ao cargo. Além do salário, as escolhidas vão ser “tratadas como da família” e trabalhar em uma empresa que pertence ao casal.

Não vai fazer desfeita

O marido disse que não fazia ideia de que a esposa estava solicitando amantes para ele e se surpreendeu. “Ela me disse que queria encontrar alguém para cuidar de mim. Levei um susto”, revelou.

“Eu nunca quis ter uma amante, mas já que minha esposa está oferecendo, não vou rejeitar”, disse Pattagorn.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos