Social

Mãe se recusa a permitir que o pai de sua filha tatue o nome da criança

Segundo ela, antes de exibir o nome da filha tatuado ele deveria se fazer presente na vida da criança.

Tatuagem

Uma mãe está passando por um dilema depois que o pai de sua filha decidiu que quer tatuar o nome da menina, mas ao mesmo tempo não participa ativamente da vida da filha.

Segundo o relato divulgado por ela no Reddit, o pai de sua filha esteve ausente desde que a menina nasceu. “Tirando algumas visitas esporádicas nos primeiros seis meses de vida dela, ele não esteve presente mesmo morando a 20 minutos da nossa casa”.

Com o passar dos anos ele foi se distanciando cada vez mais e acabou se mudando para uma cidade localizada a 6 horas de distância dela e de sua filha, sendo que em algumas ocasiões ele enviava mensagens e indiretas afirmando que estava apenas “tentando sustentar sua família”.

“Ele se considerava um cara ‘incompreendido’ que apenas estava tentando sustentar sua família. Em algumas ocasiões eu tentava mandar uma mensagem para ele perguntando o que poderia fazer para as coisas funcionarem, ele respondia por um tempo, sumia e depois aparecia do nada”, conta a mulher.

Ele decidiu voltar

Conforme a mulher explica, recentemente o pai de sua filha decidiu voltar para a cidade e pediu para se encontrar com ela e conhecer a menina.

“As coisas parecem um pouco mais promissoras, chegamos a nos encontrar para conversar sobre nossa filha e sobre como vamos apresentá-los. Cheguei a convidá-lo de última hora para sair conosco, mas ele não foi capaz de aceitar o convite na ocasião. Eu estou hesitante com a situação porque não sei qual será a reação da minha filha”.

No entanto, a situação ficou estranha para ela quando o homem afirmou que pretende tatuar o nome da filha antes sequer de conhecê-la. “Achei estranho ele se sentir confortável em fazer esse tipo de tatuagem sem sequer conhecer a filha. É como se tatuar o nome dela fosse mais relevante do que conhecê-la”.

Leia também: Mulher teme magoar a mãe ao fazer uma tatuagem junto com sua sogra

A mulher então questiona os demais usuários da plataforma se ela está agindo errado ao acreditar que a atitude do homem é estranha. Para muitos, a decisão deve ser exclusivamente do homem.

“É o corpo dele e ele pode tatuar o que quiser, seja ele parte da vida da sua filha ou não. Concentre-se no relacionamento deles e não na tatuagem”, comentou uma pessoa.

“Sua opinião é razoável e faz sentido, mas infelizmente você deverá apenas controlar suas expectativas dado o histórico dele. Embora você não esteja errada em não querer que ele faça a tatuagem, você não pode decidir isso por ele”, finalizou outra.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos