Social

‘Mel na chupeta’: empresa paga R$ 400 mil por ano para testador oficial de doces

Diretor de doces deverá provar os lançamentos da empresa e montar o catálogo de quitutes

Imagine ficar na sua casa provando dúzias de chocolates e outros doces, diariamente, e ainda ganhar para isso! É exatamente o que propõe uma vaga anunciada no Linkedin por uma empresa canadense,

A vaga anunciada como chief candy officer (ou diretor do departamento de doces, em tradução livre) promete pagar ao futuro contratado 100 mil dólares canadenses por ano (ou cerca de R$ 400 mil por ano) para testar e dar palpite em toda  linha de doces da empresa.

Segundo a Candy Funhouse, responsável pela vaga, o candidato não precisa ter experiência prévia, mas não pode ter nenhum tipo de alergias. Não tem limite de idade. A vaga diz que é para qualquer pessoa acima de 5 anos. A única exigência, inegociável, e ter “papilas gustativas de ouro”. O anúncio da empresa pede ainda que a pessoa que se candidatar tenha uma mente criativa e um amor pelos doces.

LEIA TAMBÉM: Em carta psicografada por vidente, Eliza Samúdio revela detalhes de crime; “Foi cruel, foi horroroso”

Para exercer esse trabalho ‘amargo’, além do dinheiro, o candidato terá até um plano odontológico de primeira linha, já que deve provar mais de 3 mil doces por mês. Caberá a ele decidir quais novos itens serão incorporados ao catálogo de produtos da empresa e ele será ainda responsável pela reunião mensal do Conselho de Doces da empresa.

O trabalho é home Office, mas a má notícia é que o empregado deve morar no Canadá ou nos Estados Unidos, já que a vaga é para a cidade de Toronto e Newark, em Nova Jersey. Curtiu a vaga? Dá uma olhadinha aqui no Linkedin.

O emprego é doce, porém a concorrência é bem salgada. O diretor executivo da Companhia, Jamal Hejazi, disse que a empresa já recebeu milhares de candidaturas para a vaga.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos