Social

Mãe se espanta após descobrir o ‘nome incomum’ da professora de sua filha

Somente após receber um documento assinado pela professora foi que ela descobriu a verdade sobre o nome.

Uma mãe não conseguiu acreditar no que ouviu de sua filha após perguntar a ela sobre o nome de sua nova professora. Chocada com o nome “rude e inapropriado” para uma turma em idade pré-escolar, ela decidiu descobrir a verdade sobre a nova professora.

A mulher contou sua história por meio de uma publicação no Twitter, que rapidamente viralizou e foi compartilhada pelo The Mirror.

De forma divertida, ela relata ter se surpreendido após a filha insistir que estava tendo aulas com o “Sr. Penis”, um nome que ela se recusou a aceitar ser “real e adequado” para um profissional que leciona no jardim da infância.

Após dias discutindo com a filha e a questionando sobre o nome do professor, foi que ela descobriu, por meio de um documento da escola, que a mulher possui um sobrenome incomum e que acabou sendo percebido de uma forma completamente equivocada por sua filha.

Ela não acreditava que era um nome real

Sem acreditar na possibilidade de que a filha tivesse aulas com uma pessoa chamada “Sr. Penis”, a mãe se viu em constantes conversas com a criança até conseguir chegar a verdade: a professora se chama “Sra. Derpanis”.

Após elogiar a professora por seu trabalho e agradecer publicamente a ela por “cuidar com carinho de crianças hilárias”, ela contou aos seguidores o que exatamente aconteceu:

“Minha filha, que está na pré-escola, insistiu que estava tendo aulas com o ‘Sr. Penis’. Discutimos sobre isso por um tempo até que chegou um documento da escola e finalmente vimos que estava assinado como ‘Sra. Derpanis’”.

Rapidamente a publicação se tornou viral e diversas pessoas começaram a comentar e compartilhar suas próprias experiências. “Todos os dias nós perguntávamos à minha filha mais velha como ela estava indo suas aulas na escola. Certa vez ela disse ‘hoje nós tivemos uma professora prostituta’. Levamos algum tempo para entender que ela queria dizer ‘substituta’”.

Leia também: Tia se preocupa com a quantidade de horas diárias que o sobrinho fica na internet

Após algum tempo, a autora do post retornou informando que alterou a grafia do nome para proteger a professora: “Recebi mensagens de diversos professores de todo país (Canadá), perguntando se eram eles a professora da história. Embora seja uma história real eu mudei a grafia do nome. A Sra. D é uma profissional incrível. Obrigada a todos os professores por cuidarem de nossas crianças”, finalizou.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos