Social

Pastor é preso por mostrar genitais enquanto se masturbava em cafeteria nos Estados Unidos

É a segunda vez que ele foi preso pelo mesmo crime.

Um líder religioso foi preso na Flórida, nos Estados Unidos, recentemente por se expor do lado de fora de uma unidade da rede Starbucks – pela segunda vez.

Enginio Dali Muniz-Colon supostamente desabotoou as calças e começou a se masturbar no pátio do café, que estava cheio de clientes, como detalhado pelo site Daily Star.

A situação acabou assustando os frequentadores, que logo ligaram para a emergência.

Em imagens que circulam pelas redes sociais, é possível ver ele sendo conduzido pela equipe, já algemado.

Pastor é preso por mostrar genitais enquanto se masturbava em cafeteria nos Estados Unidos

É a segunda vez que Muniz-Colon, de 39 anos, é preso pelo mesmo crime no mesmo local, de acordo com o boletim de ocorrência.

Segundo o site, o pastor foi preso e transportado para a cadeia do condado de Osceola, onde foi mantido sob fiança de 1 mil dólares (cerca de R$ 5.300).

No entanto, ele não permaneceu muito tempo detido. Logo depois, ele pagou o valor estipulado e foi liberado novamente.

Pela segunda vez este ano

Muniz-Colon havia sido preso em circunstâncias semelhantes em 9 de maio.

Ainda de acordo com as informações, a polícia local pediu que qualquer pessoa que tenha testemunhado incidentes semelhantes ligue para o escritório do xerife. Confira:

Texto com informações do site Daily Star

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos