Social

VÍDEO: Encontram cobra píton que bate recorde e carregava 122 ovos

Organização mostrou o animal de perto!

A descoberta de uma píton birmanesa recorde encontrada na Flórida se tornou notícia esta semana. A espécie é invasora no local e ameaça o ecossistema do local, por isso seu abate é autorizado e recompensado.

De acordo com o portal de notícias Fox 35, a maior píton do estado media mais de cinco metros de comprimento e pesava mais de 80 quilos. A agencia de conservação Conservancy of Southwest Florida foi quem anunciou o achado.

Durante uma necropsia, os pesquisadores descobriram que a fêmea da píton birmanesa tinha 122 ovos em desenvolvimento dentro do abdômen.

“Uma avaliação do conteúdo digestivo da cobra encontrou núcleos de casco, determinando que um cervo de adulto – uma fonte primária de alimento da ameaçada pantera da Flórida – foi a última refeição da cobra”, disse também um porta-voz.

Estima-se que apenas esta organização já removeu mais de 1.000 pítons no total. A remoção das pítons fêmeas desempenha um papel importante, pois é a melhor forma de interromper o ciclo reprodutivo desses predadores que dizimam as espécies nativas.

Esta espécie de cobra se tornou proibida na Flórida e não pode mais ser adquirida ou possuída para venda ou como animais de estimação.

Perigo também no Brasil

Em 2022, dois casos de cobras pítons confundidas com jiboias já aconteceram no Brasil. No primeiro, uma delas com mais de dois metros de comprimento foi solta na natureza pelo Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) do Distrito Federal, que precisou recapturar o animal.

Veja mais: VÍDEO: A história da árvore que se transformou em uma enorme sucuri

O perfil “Legião Escamada no Twitter, moderado pelo estudante de ciências biológicas na Universidade Federal de Goiás (UFG) Matheus Reis, alertou que a cobra se tratava de uma píton.

“A serpente em questão se trata de uma píton (Python bivittatus) serpente asiática com um potencial invasor enorme, totalmente prejudicial a nossa fauna”, afirmou.

No segundo caso, a cobra era criada por donos em São Mateus, no Norte do Espírito Santo. Eles pensavam que ela era uma jiboia, espécie que pertence à lista das maiores cobras brasileiras.

A cobra chamada de “margarida” e a polícia foi acionada para fazer o resgate pelos próprios moradores da casa. Com a entrega foi voluntária, os responsáveis não foram autuados criminalmente.

Veja todos os vídeos e textos sobre sucuris, caninanas ou outras cobras impressionantes!

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos