Social

Pastora abandona igreja para abrir conta no OnlyFans: “fantasiava ser uma stripper”

Ela disse que entendeu que estava reprimindo sua orientação sexual e resolveu mudar

Uma pastora do estado de Michigan, nos Estados Unidos, resolveu abandonar a vida religiosa para tentar a sorte no OnlyFans, site de conteúdo erótico pago, depois de assistir a uma peça de teatro com conteúdo LGBTQIA+, segundo notícia do site New York Post.

Nikole Mitchell disse que durante a peça ela entendeu que havia reprimido sua orientação sexual durante toda a vida. “fui doutrinada a acreditar que meus desejos e meu corpo eram pecaminosos e maus”, disse.

Mas no íntimo, seu sonho era totalmente diferente do que propunha a sua rotina nos cultos religiosos. “Desde muito jovem, eu fantasiava em ser uma stripper”, garantiu Nicole.

Ela resolveu jogar tudo para o alto se divorciar do marido para buscar algo novo e resolveu abrir uma conta no site OnlyFans, onde passou a posar apenas de lingerie.

“Comecei muito tímida, gostava de tirar fotos de topless, mas agora cheguei ao ponto de atender pedidos pessoais e fazer vídeos muito adaptados aos desejos específicos das pessoas”, disse ela em entrevista ao jornal norte-americano.

LEIA TAMBÉM: Desafio TikTok: menina de 10 anos terá que fazer cirurgia para recuperar tecido das mãos

“Cheguei ao ponto em que em março me pagariam vários milhares de dólares para fazer sexo com alguém, e eu estava bem com isso, mas então o Covid veio e foi cancelado”, afirmou a ex-pastora.

Apesar das críticas que recebeu de todos que a conheciam e passaram a virar a cara para ela diante de sua nova atividade, Nicole disse que acredita que sua sexualidade é curativa e sagrada. ”E quando dou esse presente para as pessoas, eu as abençoo”, garantiu

Pode interessar também:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos