Social

Ela afirma que as tatuagens da nora a fazem parecer “uma adolescente rebelde”

Cansada de ver as tatuagens de sua nora, ela decidiu presentear a jovem com algumas sessões de remoção a laser para “se livrar” dos desenhos.

Uma mulher ficou completamente revoltada diante da atitude de sua sogra. Segundo ela, a mãe de seu marido decidiu exigir que ela remova suas tatuagens para não se parecer com uma “adolescente rebelde”.

Diante da atitude da sogra, a mulher foi até o Reddit para compartilhar sua situação e pedir a orientação de outros usuários da plataforma. Em seu relato, ela conta que tem uma diferença de idade de 12 anos entre ela e seu marido, mas que isso nunca foi um problema para eles.

“Ele tem 43 anos e e 31, estamos casados há 3 anos, mas juntos há 6. A diferença de idade nunca foi um problema para nós, mas minha sogra sempre desaprovou isso e me trata como uma adolescente. Para ela, minhas tatuagens são um grande problema”, conta.

Diferente da sogra, ela não tem problemas com suas tatuagens e acredita que os desenhos fazem parte de sua identidade como pessoa. “Não me imagino sem elas e meu marido as adora”.

As tatuagens foram motivo de briga

Continuando sua história, a mulher conta que há 3 anos, durante as comemorações do seu aniversário, ela recebeu a família do marido para um jantar e se surpreendeu ao receber presentes de todos.

“Minha sogra me entregou um envelope na mesa de jantar e insistiu que eu abrisse na frente de todos. Dentro havia um cartão vale-presente de uma empresa de remoção de tatuagens no valor de 500 dólares (R$2500)”.

Confusa, ela pediu uma explicação: “Minha sogra disse que como sou uma mulher casa e planejo me tornar mãe, eu poderia gostar de remover minhas tatuagens”.

Após a cena durante o jantar, a mulher conta que seu marido ligou para a mãe e a repreendeu pela atitude. Apesar disso, a mulher foi irredutível e afirmou que a nora deveria manter o presente pois um dia faria bom uso dele.

Leia também: Ela foi forçada a pagar a terapia da irmã depois de ter seu casamento arruinado

“Três anos depois o vale ainda está intocado e eu fiz outras 3 tatuagens”, conta a jovem que também pediu por sugestões sobre o que fazer com o vale-presente.

Depois de algum tempo, ela atualizou sua publicação contando seu “final feliz”: “Um de meus amigos é diretor de uma ONG e perguntei se ele conhecia alguém que tinha tatuagens com símbolos de ódio que gostaria de remover. Ele curiosamente conhecia alguém com um símbolo nazista tatuado e que gostaria de remover o desenho”.

“Para mim foi algo extremamente significativo e simbólico pois sou de origem judaica. Estou feliz que o desrespeito da minha sogra tenha se tornado algo bom”, finaliza a mulher.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos