Social

Mulher flagrada fazendo sexo com mendigo processa apresentador Sikêra Jr., da Rede TV

Sandra Mara Fernandes acusa o apresentador de injúria e difamação

A mulher que foi flagrada fazendo sexo com o morador de rua Givaldo Alves, em Planaltina, entrou com um processo contra o apresentador Sikêra Jr. por crime de injúria e difamação, segundo informação do Uol.

Sandra Mara Fernandes é a mulher vista no vídeo que correu nas redes sociais saindo no carro enquanto seu marido espancava o mendigo Givaldo, que acabava de sair do carro e tentava fugir do local.

O processo foi aberto em função das declarações que o apresentador fez em seu programa, Alerta Nacional, dizendo que a relação dela com o morador de rua “era amor” e que “ela tinha uma fantasia de subir no pau de sebo”, entre outras declarações. Em seu programa, Sikêra também nega que ela tenha sido estuprada pelo agora ex-morador de rua e empresário.

Depois que o vídeo do flagrante viralizou nas redes sociais, Sandra Fernandes foi internada e os médicos a diagnosticaram com transtorno bipolar afetivo.

Em entrevista ao programa Superpop, da Rede TV, ela falou sobre seu tratamento. “Muitas vezes me sinto nojo de mim, por isso eu preciso continuar meu tratamento, para ter coragem para seguir em frente”, disse.

LEIA TAMBÉM: Inconformado com rompimento, ex-namorado tatua nome no rosto da jovem

De acordo com seu marido, no dia do flagrante ela estava em surto psicótico e Givaldo se aproveitou da situação para abusar de sua esposa.

O ex-morador de rua já usou suas redes muitas vezes para negar que tenha estuprado a mulher em Planaltina. Ele disse que ela o convidou para entrar no carro, que o sexo foi consensual e que ele não tinha as mínimas condições de saber se ela tinha problemas psicológicos ou não. Givaldo já foi chamado para prestar esclarecimentos no inquérito que apura o caso, em Brasília.

Pode te interessar também:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos