Social

Estudante morre quatro anos após comer amendoim que causou reação da qual ela nunca lembrou

Tania nunca recuperou a consciência e faleceu em 27 de abril.

Uma jovem morreu quatro anos depois de sofrer um choque anafilático em um restaurante no oeste de Londres, no Reino Unido.

Tania Kaur Khasriya, de 24 anos, desenvolveu uma alergia mortal depois de comer um amendoim em julho de 2018, como detalhado pelo site Metro UK.

A estudante foi levada às pressas de um restaurante para uma clínica, mas foi transferida para um centro de enfermagem quando sua condição não melhorou.

Tania nunca recuperou a consciência e faleceu em 27 de abril, depois que os médicos retiraram os cuidados paliativos.

Abrindo seu inquérito, a legista Lydia Brown disse: “Ela teve um choque anafilático ao comer um amendoim em um restaurante em julho de 2018 e desde então sofreu um distúrbio de consciência”.

Sua morte foi atribuída a três causas – distúrbio persistente da consciência, lesão cerebral hipóxica e anafilaxia devido à alergia ao amendoim.

Segundo o site, a legista chamou de ‘inquérito complexo’ e adiou o resultado final para uma data posterior.

Ele examinará os relatórios do consultor de cuidados paliativos da casa de repouso, bem como os relatórios originais de choque anafilático.

Estudante morre quatro anos após comer amendoim que causou reação da qual ela nunca lembrou

Ainda de acordo com as informações, Tania passou seus últimos anos no centro de enfermagem.

E este não seria apenas um caso isolado, já que o amendoim é uma causa comum de alergia alimentar.

De acordo com o site Anaphylaxis Campaign, as internações hospitalares por alergias alimentares aumentaram 500% desde 1990 no Reino Unido.

Com informações do site Metro UK

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos