Social

Pais fazem protesto com medo de ‘Clube Satânico’ em escola

Grupo afirma que não tem como proposta converter crianças ao satanismo

Pais fazem protesto com medo de ‘Clube Satânico’ em escola

Um grupo de pais e responsáveis de alunos de uma escola da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, organizou uma manifestação na unidade de ensino contra o grupo conhecido como Templo Satânico. A iniciativa, que foi feita por meio de orações, tem por objetivo, segundo tais pessoas, impedir a instauração de um programa nomeado de “Clube de Satanás Depois da Escola”.

Em declaração, o organizador da oração coletiva, Tempe Moore, afirmou que a proposta é evitar que o programa seja implementado em qualquer unidade de ensino da região.

Segundo informações, o Satan After School Club [nome em inglês] reúne alunos de diferentes religiões em escolas públicas e tem como foco promover “educação autodirigida, apoiando os interesses intelectuais e criativos dos alunos”.

Esta notícia também pode te interessar: Vídeo: Céu vermelho apavora moradores de cidade chinesa

Outro escola já havia negado pedido de clube

Em seu portal, eles afirmam que a proposta não é converter alunos ao satanismo e reforçam que isso faz parte de uma atividade extracurricular:

“O After School Satan Clubs se concentra na livre investigação e no racionalismo, a base científica pela qual sabemos o que sabemos sobre o mundo ao nosso redor. Preferimos dar às crianças uma apreciação das maravilhas naturais ao seu redor, não um medo dos horrores eternos de outro mundo”

Além da repercussão com a escola na Carolina do Norte, outra unidade de ensino, desta vez na Pensilvânia, recusou a solicitação de formar parte do clube e por isso foi processada.

Mathew Kezhaya, que é advogado do Templo Satânico, afirmou que tal decisão viola a Primeira Emenda dos EUA e que foram orientados de que retirar a palavra “satanás” do nome do grupo poderia facilitar o processo.

E você, o que acha da decisão? Aproveitamos e deixamos também abaixo o vídeo com a reportagem e mais detalhes deste caso.

+ NÃO SE VÁ ANTES DE CONFERIR ESTAS NOTÍCIAS:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos