Social

Recepcionista de restaurante critica ‘clientes desagradáveis’ e revela seus ‘hábitos irritantes’

Vídeo acabou viralizando no TikTok recentemente.

Uma funcionária de um restaurante conquistou quase meio milhão de seguidores no TikTok zombando de clientes desagradáveis e imitando seus comportamentos mais irritantes.

Alana Fineman, de 26 anos, reencena regularmente cenários que acontecem no estabelecimento onde ela trabalha, como detalhado pelo site New York Post.

Fineman - que publica sob o nome @alanafinewoman - fica mais irritado com clientes que ligam para reservas exigentes no último minuto, bem como outros que não têm ideia se realmente existe uma reserva.

Em um post viral compartilhado recentemente, ela reencenou um cliente sem noção que chegou ao restaurante sem nenhuma ideia de quantas pessoas se juntariam a ela.

Na legenda do clipe - que foi visto mais de 365 mil vezes - Fineman afirmou que o cenário ocorre várias vezes por semana em seu local de trabalho.

Enquanto isso, em um vídeo viral separado compartilhado no início de dezembro, Fineman revelou outra de suas irritações no restaurante.

Segundo o site, a TikToker imitou um cliente autorizado que ligou pelo telefone esperando uma reserva em 30 minutos, apesar de ser uma noite de sábado movimentada.

“Apenas diga ao dono que estarei lá!” o cliente estala, supondo que o restaurante de alguma forma conseguirá encaixá-los.

Uma terceira grande irritação para Fineman é o fato de que alguns clientes esperam poder alterar suas reservas de longa data no último minuto.

Recepcionista de restaurante critica ‘clientes desagradáveis’ e revela seus ‘hábitos irritantes’

“Olá, tenho uma reserva em cerca de 30 minutos para oito pessoas”, afirma Fineman, se passando por um cliente. “Não me odeie, mas posso mudar para 16 pessoas?”.

Fazendo o papel do cliente que chega ao restaurante, Fineman então afirma: “Na verdade, somos uma festa de 30 agora”.

Ainda de acordo com as informações, os seguidores se divertiram com o vídeo: “Parece que o senso comum não é mais tão comum”.

“Pessoas assim”, disse outro, “são a razão pela qual não trabalho mais no atendimento ao cliente”.

Com informações do site New York Post

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos