Social

Mãe oferece grande quantia de dinheiro para estranhos a ajudarem durante um voo

Ela decidiu pedir ajuda para conseguir cuidar de seus três filhos durante uma viagem de avião entre o Reino Unido e a Austrália.

Avião

Uma mãe decidiu pedir a ajuda de estranhos para conseguir lidar com seus filhos durante um longo voo entre as cidades de Londres e Sydney. Para isso, ela está oferecendo aproximadamente 1000 dólares (R$5000) a quem topar ajudá-la com as três crianças durante a viagem.

Conforme a publicação realizada pelo The Mirror, Rachel decidiu publicar sua situação nas redes sociais na esperança de chamar atenção de algum outro passageiro do voo.

Em sua publicação, a mulher, mãe de três crianças, conta que viajará para o casamento de seu irmão, mas não terá ajuda no retorno já que seu marido não poderá acompanhá-la.

Por tal motivo, ela ofereceu o valor atrativo para algum outro passageiro que esteja disposto a ajudar com as crianças durante o trajeto. “Alguém indo de Londres para Sydney quer ganhar 1000 dólares?”, questionou.

“Tipo de coisas que você precisará fazer para me ajudar: segurar o bebê para eu poder ajudar as meninas mais velhas; ajudar as meninas de 4 e 2 anos com suas refeições e mantê-las entretidas seja com quebra-cabeças, livros ou mesmo o entretenimento de bordo”.

Ela se surpreendeu com as respostas

Na publicação, a mãe segue explicando: “Será um voo de quase 24 horas, então basicamente estarei pagando 42 dólares por hora, mas não espero que você me ajude durante esse tempo todo sem pausas!”.

Segundo ela, as meninas são bem comportadas e só precisarão de ajuda com as coisas básicas: “Sempre que as meninas mais velhas estiverem dormindo, você não precisará fazer nada e, mesmo quando acordadas, fico feliz em saber que elas estão assistindo à TV. Você só precisa garantir que os fones de ouvido não caiam e que elas assistam filmes adequados para a idade”.

Leia também: Mãe é criticada após revelar planos para um chá de bebê de 3 dias e 2 noites

“Farei o máximo para ajudar, mas também terei o bebê para cuidar”, finaliza a mãe em sua publicação.

Depois de publicar sua história, Rachel se surpreendeu com a aceitação dos demais usuários dos grupos de Facebook. Mesmo sem ter encontrado uma pessoa do voo que possa ajudar, ela conseguiu diversas indicações de onde procurar alguém que possa ajudá-la com essa tarefa.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos