Social

Professora realiza experimento com aluno em sala e caso termina em situação grave

Estudante foi levado ao hospital com queimaduras de terceiro grau

Professora realiza experimento com aluno em sala e caso termina em situação grave

Uma professora do Texas, nos Estados Unidos, pediu demissão recentemente de sua função, uma vez que um experimento realizado em sala deixou um aluno de 14 anos gravemente ferido com queimaduras.

Segundo detalha o portal Publimetro, a professora utilizou gel antibacteriano na mão do aluno e colocou fogo, o que fez com que resultasse nas queimaduras informadas anteriormente.

Russell Grizzard, que é tenente da Polícia de Granbury, comentou rapidamente sobre o caso e disse: “o incidente está sob investigação e será submetido ao Gabinete do Procurador Distrital para revisão”, afirmou.

Não é a primeira vez que professora faz experimento

De acordo com dados coletados, não é a primeira vez que a mulher, cuja identidade não foi revelada, realiza o procedimento, porém nas outras ocasiões não tiveram nenhuma complicação.

Agora, diante do ocorrido, o aluno foi levado ao hospital com queimaduras de terceiro grau para receber o tratamento necessário. Sobre a professora, a única atualização que se tem é que ela pediu demissão.

Não foram revelados detalhes adicionais sobre o caso até o momento.

Outro caso da vida real

Mulher tinha marca ‘inofensiva’ em sua unha por 10 anos até que descobriu algo grave

Pode uma marca aparentemente “inofensiva” ser considerada algo grave? Para quem está curioso sobre este questionamento, um relato compartilhado por uma mulher no TikTok mostrou que na realidade sim. Vamos entender melhor?

A jovem, identificada como María Sylvia e que mora nos Estados Unidos, convivia há 10 anos com o sinal que foi crescendo debaixo de sua unha, e sempre acreditou que não se tratava de algo grave.

No entanto, em seu vídeo, ela confessou que descobriu que na verdade a marca era um tipo de câncer.

Compartilhando sua experiência em um desafio viral, a jovem de 25 anos disse: “Eu: tendo isso…

Leia o restante da notícia clicando aqui!

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos