Social

Mulher gravida furiosa bani marido da sala de parto depois que ele deixou sua família zombar da ‘gestação’

Decidir o nome do bebê nem sempre é fácil.

Decidir o nome do bebê nem sempre é fácil, mas para um caso relatado recentemente por uma mulher no Reddit, a decisão se tornou ainda mais difícil.

Postando sua história anonimamente, a mulher explicou que atualmente está grávida de oito meses de uma menina e na família do marido, há uma tradição de escolher um nome antes do bebê nascer para que um cobertor possa ser feito com o nome bordado.

A mulher não gosta de nenhum nome sugerido até agora e quer ver a filha antes de decidir um, mas foi pressionada a pensar em algo.

E agora está sendo ridicularizada pelo marido e sua família por sua decisão, como detalhado pelo site britânico The Mirror.

Mulher gravida furiosa bani marido da sala de parto depois que ele deixou sua família zombar da gestação

Depois de ser pressionada a dar um nome, a mulher anunciou que queria chamar a filha de Jessica - mas foi imediatamente rechaçada pela família do marido.

Seu marido então a chamou de “egoísta” e a acusou de não quer ouvir nenhuma de suas sugestões , e até tentou fazer com que sua própria irmã nomeasse, já que nenhum dos dois concordava.

Com todo o caso, a mulher disse que recusou a permitir que seu marido entre na sala de parto com ela, e vai cuidar do nascimento sozinha.

Os usuários do Reddit ficaram perplexos com a história da mulher, com muitos dizendo a ela para se manter firme e não ceder à família de seu marido.

No entanto, ainda de acordo com as informações, outros também não concordaram com a decisão da mulher.

Com informações do site The Mirror

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos