Social

Desespero: Mulher é assaltada e levam dinheiro que havia economizado durante toda a vida

Ela foi abordada por sujeitos quando estava próximo de chegar em sua casa

Mulher é assaltada e levam dinheiro que havia economizado durante toda a vida

A Policia de Investigaciones (PDI), do Chile, está investigando mais um caso de “saidinha” de banco, no qual nesta ocasião, uma mulher, cuja identidade não foi revelada, perdeu as economias que havia conseguido durante a vida.

De acordo com detalhes compartilhados pelo portal Publimetro Chile, a mulher retirou a quantia de $43 milhões de pesos chilenos, o equivalente a R$ 278.451,82, câmbio de 17-02-22, às 14h13, horário de Brasília, em uma agência bancária na região central da capital chilena e trocado o valor em um casa de câmbio para dólares.

Após ter efetuado a troca de moedas com sucesso, ela pegou um metrô e posteriormente um ônibus para ir para a casa. Contudo, ao descer do transporte coletivo, ela foi abordada por sujeitos que estavam em carro vermelho e que a ameaçaram com uma arma.

Para intimidar ainda mais a mulher, um dos assaltantes efetuou um disparo para o alto. Então, diante da situação ameaçadora, ela entregou o dinheiro que estava dentro de uma mochila.

“Fui ao BancoEstado comprar dólares e cheguei no ponto de ônibus, desci e ficava a dois minutos da minha casa. De trás eu ouço ‘deixe a mochila’ e eles levaram todo o dinheiro. Muitas pessoas vieram me ajudar”

Agora, o caso segue sob investigação e o oficial Mauricio Vásquez reforça que possivelmente a mulher foi “marcada” em algum momento de seu trajeto. “A quantia é de 43 milhões de pesos e seria destinada à uma viagem no dia seguinte. Devem ter marcado em algum momento da compra dos dólares”, disse.

‘Queria matar minha filha”, diz mãe sobre ataque contra bebê de 8 meses

Em outra história da vida real, uma mulher de nacionalidade haitiana, cuja identidade não foi revelada, foi detida recentemente na comuna de Peñalolén, na região metropolitana da capital do Chile, após ser acusada de tentar matar uma bebê de 8 meses que passeava com a mãe.

‘Queria matar minha filha”, diz mãe sobre ataque contra filha de 8 meses

A mãe circulava tranquilamente com a criança quando de maneira inesperada foi abordada pela mulher que começou a agredir a bebê.

Após ser controlada por pessoas que estavam no local, para evitar uma tragédia contra a criança, a mulher acabou detida e agora foi formalizada pela 13ª Vara de Garantia de Santiago e enfrenta acusações de lesões leves.

Além da detenção, a justiça determinou uma medida cautelar na qual a mulher fica proibida de tentar qualquer tipo de aproximação da mãe da criança e da filha.

Por fim, junto a tais medidas, foi determinado também que a jovem que protagonizou o ataque passe por uma avaliação psicológica para então determinar possíveis riscos que ela pode oferecer a si mesma e aos demais.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos