Social

Assassino foragido há 23 anos é avistado em um famoso destino turístico

Considerado pelas autoridades um assassino em série, Norman Volker Franz conseguiu escapar da prisão e segue foragido desde 1999.

Norman Franz é um dos criminosos mais procurados da Alemanha

O criminoso Norman Volker Franz, considerado como um assassino em série pelas autoridades alemãs, está foragido há 23 anos. Segundo testemunhas, ele teria sido avistado recentemente na ilha caribenha de Curaçao.

Conforme a publicação feita pelo The Mirror, Norman é considerado o homem mais procurado da Alemanha, e segue em fuga desde 1999, quando conseguiu escapar da prisão.

O homem, que atualmente tem 51 anos, foi preso em maio de 1995 após receber uma condenação por assassinato. Na época dos crimes, ele estava se preparando para iniciar os estudos em uma universidade.

Norman estaria envolvido com uma quadrilha especializada em roubo a bancos e contrabando de armas e cigarros poloneses.

Depois que a quadrilha foi chantageada pelos fornecedores de cigarros, ele e outros três membros atraíram os poloneses para uma emboscada e arremessaram uma granada de mão no veículo em que os homens estavam.

Ele foi preso pouco tempo depois ao tentar fugir para a França na companhia de sua namorada.

Condenação, prisão e fuga

Após ser identificado como o autor do crime, Norman foi condenado à prisão perpétua, no entanto, em 11 de março de 1997, ele conseguiu cerrar as grades de sua cela e escapou da prisão.

Apenas cinco dias após sua fuga, ele voltou às atividades criminosas realizando uma série de roubos seguidos de morte. Ele executou ao menos três seguranças que faziam a guarda de caixas eletrônicos e carros blindados.

Com a polícia em sua cola, Norman fugiu para Portugal, onde foi preso pelas autoridades alemãs na cidade de Albuferia, em outubro de 1998. No local, ele trabalhava como agente imobiliário usando a identidade falsa de Carsten Mueller.

Novamente, Norman conseguiu fugir da prisão ao cerrar as grades da janela, e segue foragido desde então.

Confira também:

Recentemente, investigadores do Escritório de Polícia Criminal do Estado da Renânia do Norte-Vestfália declararam que o homem foi adicionado à lista de procurados pela Interpol e Europol.

Em fevereiro de 2021, uma testemunha afirma tê-lo identificado em um famoso destino turístico no caribe: a ilha de Curaçao.

“Um turista alemão viu um homem na ilha que corresponde com a descrição de Norman Franz. Ele sabe que não tem permissão para ficar perto de alemães. Eles podem reconhecê-lo”, afirma um dos investigadores.

O homem, que trabalha no caso há mais de 14 anos, reforça: “Ele é uma pessoa educada e inteligente, e pode ser extremamente charmoso com as mulheres. Ele é muito, muito perigoso”.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos