Social

Inspirado em praia de nudismo, cearense cria barbearia com clientes e colaboradores nus

Para reforçar seriedade de negócio, dono explica algumas regras

Inspirado em praia de nudismo, cearense cria barbearia com clientes e colaboradores nus

Foi na pandemia e após a diminuição no movimento no espaço de bronzeamento da mãe, local em que trabalhava, que Rodney Araújo, um cearense, de 28 anos, resolveu aprimorar uma antiga ideia e lançar seu novo empreendimento: uma barbearia com clientes e funcionários nus.

Em apenas 9 meses, o negócio teve grande êxito e já conta com duas unidades, ambas em Fortaleza, uma localizada na Praia de Iracema e a outra no Bairro Parangaba.

No local, os clientes contam com diversos serviços, dentre eles: depilação, limpeza de pele, corte de cabelo, banho de lua, entre outros.

Por que trabalhar com pessoas nuas?

Segundo informações compartilhadas, tudo faz parte do antigo desejo de Rodney em conhecer uma praia de nudismo e também ter a curiosidade de como seria atuar profissionalmente em tal local.

“Sempre que via algo sobre o assunto despertava a minha curiosidade. Um belo dia vi uma matéria em uma dessas praias e comecei a pensar como seria oferecer serviços nesses locais. Uma sementinha que ficou. Com a pandemia, os clientes foram se afastando. Conversando com um amigo barbeiro joguei a ideia dele cortar cabelo pelado, ele topou e comecei a divulgar o serviço”, disse.

Como funciona a barbearia na prática?

Com seis funcionários no total, que trabalham utilizando apelidos para preservar sua identidade, a barbearia atende sempre com os colaboradores totalmente nus, enquanto os clientes podem escolher estar da mesma forma, somente de cueca, toalha ou roupão.

Para reforçar a seriedade no trabalho que oferecem e garantir a segurança de seus funcionários e clientes, Araújo garante algumas regras: “Não poder tocar no profissional. O fato de tirar a roupa não quer dizer que você pode fazer o que quiser. Ficar sem roupa dá a liberdade no meu corpo e não no da outra pessoa. Também tem a questão das fotos. Tem pessoas que vêm com malícia de querer filmar escondido, por isso a gente inibe o uso de celular, para ser usado só em casos extremos. Assim a gente preserva a imagem dos clientes”, explicou.

Por fim, tendo atualmente 60% de clientes turistas e os demais divididos em diversos grupos, Rodney já trabalha na expansão da Barbearia Naturalista e lançará nos próximos dias a “Barbearia Locomotiva” que atenderá clientes nos mais diversos pontos do país.

+ SIGA LENDO ESTAS NOTÍCIAS

Ladrão ‘homem-aranha’ impressiona internautas por facilidade em escalar paredes e postes para roubar; assista

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos