Social

Enquanto jogava no celular do pai, ele fez um pedido de R$7 mil em uma famosa sorveteria

Um garotinho surpreendeu seu pai ao realizar um pedido de R$7mil em uma sorveteria. O pai só soube da compra quando o entregador avisou sobre a entrega.

Um garotinho de cinco anos fez um pedido de 1.200 dólares (aproximadamente R$7.000) em uma sorveteria. Ele jogava no celular de seu pai quando decidiu fazer a compra.

Conforme a notícia publicada pelo UOL, o caso aconteceu em Sydney, na Austrália.

O pedido feito pelo pequeno Christian King contava com 14 potes de doce de leite, sete bolos, cinco garrafas de leite e seis caixas de sorvete.

A compra inusitada foi realizada na sorveteria Gelato Messina, uma das mais famosas da Austrália, e divulgada pela própria sorveteria em suas redes sociais.

Ele se surpreendeu ao receber a compra feita pelo filho de cinco anos.

O pai do garotinho foi surpreendido quando recebeu um aviso do Uber Eats informando que seu pedido já estava no local de entrega. Curiosamente o ponto de entrega era no endereço de trabalho de Kris King, que trabalha como bombeiro e estava de folga no dia.

Ele se surpreendeu ao ver o pedido feito pelo filho

Depois de estranhar o pedido, Kris foi até seu local de trabalho onde encontrou diversos pacotes. Ele acabou pagando pelo pedido, deixando parte para os colegas de trabalho e levando outra parte para casa.

Segundo ele, a nota fiscal do pedido era maior que o próprio filho, responsável por fazer a compra.

Em uma entrevista ao The Guardian, Kris explicou como a compra foi realizada. Conforme seu relato, o celular estava com seu filho, Christian, para mantê-lo distraído enquanto ele assistia uma partida de futebol de sua filha.

Confira também:

Após fazer a compra, seu filho o avisou de que “algo estava a caminho”, mas ele não levou a sério até que sua esposa recebeu a ligação de um entregador do Uber Eats informando a entrega do pedido.

“Ele me disse que tinha pedido um bolo de aniversário para ele mesmo e eu nem acreditei. Eu estava soltando fumaça pelos ouvidos enquanto gritava o nome dele na rua. Ele correu para o quarto”, conta Kris.

Ele acredita que o filho tenha aprendido a realizar compras via Uber Eats por ver os pais realizando pedidos com certa frequência.

Depois de explicar o ocorrido, o aplicativo decidiu reembolsar a família, e o pequeno Christian ficou feliz com isso já que havia sido avisado que, por conta do gasto inesperado com os doces, o “Papai Noel não apareceria este ano”.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos