Social

O crime por trás do vídeo de homem cutucando sucuri com vara curta

Imagens podem ser penalizadas!

Mais um vídeo que mostra sucuris imponentes encontradas no Brasil se tornou viral nas redes sociais esta semana, mas existe uma polêmica por trás das imagens.

As gravações mostram a grande cobra enrolada tomando sol, quando começa a ser cutucada por um homem com um galho de árvore. O animal tem a reação de se mover rapidamente para fugir, mas a importunação continua.

Na sequência, as imagens mostram um dos envolvidos puxando a sucuri com muita força pela cauda, mas o animal usa sua força e resiste.

Confira o vídeo e entenda o motivo dele ser a evidência de um crime:

O artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais esclarece que matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, é crime.

Veja também:

A pena é caracterizada por multa e detenção de seis meses a um ano, podendo aumentar em casos de espécies raras ou consideradas ameaçadas de extinção. Quem modifica, danifica ou destrói ninho destes animais, em abrigo ou criadouro natural, também está cometendo um crime.

Mais um caso que acabou se tornando crime

De acordo com o Daily Mail, em 2014, no Mato Grosso do Sul, uma sucuri também foi importunada por um grupo que navegava pelas águas do rio Santa Maria.

Os envolvidos receberam multas da polícia ambiental, pois também a puxaram pelo rabo e a perseguiram. O advogado dos acusados declarou que “não houve malícia”, mas existiu negligência e imprudência.

Confira mais:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos