Social

Estima-se que 75 mineiros russos estejam presos em mina após ‘explosão’ em túnel de ventilação

Até o momento a morte de um mineiro foi confirmada após uma explosão seguida de incêndio em uma mina de carvão na Sibéria.

Ao menos 75 mineiros foram vítimas da explosão

Ao menos um mineiro morreu após uma explosão seguida de incêndio na mina de carvão de Listvyazhnaya, na Sibéria. Dos 44 resgatados até o momento, cinco estão em estado grave.

Conforme a notícia divulgada pelo The Mirror, a operação de resgate segue em andamento. Segundo relatos, ao menos 75 mineiros estavam no subsolo no momento do acidente. A comunicação com os trabalhadores foi perdida.

A explosão aconteceu a uma profundidade de 250 metros na mina de carvão Listvyazhnaya. Até o momento um mineiro de 23 anos foi confirmado como morto, enquanto relatórios da ura.ru apontam para confirmação de 11 mortos. As autoridades ainda não se pronunciaram sobre os números apresentados.

Os relatos apontam para 44 mineiros resgatados até o momento. Eles teriam sido levados às pressas para o hospital em decorrência da gravidade dos ferimentos.

A explosão aconteceu após o aumento das leituras de gás metano na mina

Segundo um relatório apresentado pelos mineiros, a empresa foi alertada sobre o aumento das leituras de gás metano na mina, mas mesmo assim os homens foram instruídos a trabalhar.

A Interfax descreveu uma explosão que “trovejou” na mina, causando a situação emergencial, com fogo percorrendo um dos túneis de ventilação. No relatório divulgado por eles, as prováveis causas da explosão foram identificadas como sendo fruto de “um mau funcionamento do equipamento” ou “causas naturais”.

Confira também:

A operação de resgate segue sendo realizada em condições extremas, com temperaturas abaixo de zero. Relatórios preliminares apontam para a remoção de 236 pessoas, indicando o desaparecimento de 51. O número foi contestado pelo Comitê de Investigação Russo que indicou que o número de desaparecidos era de 45 pessoas.

Por outro lado, o relatório da Interfax aponta para 75 mineiros presos dentro do local do acidente. A mina em questão faz parte da SDS-Ugol, uma das maiores empresas de mineração de carvão da Rússia.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos