Social

Após descobrir que não era o pai biológico de seu filho, ele contou a verdade ao menino

Ele buscou auxilio de outras pessoas para tentar lidar com a situação da melhor forma possível.

Um homem buscou o auxilio de outros internautas no Reddit após descobrir que seu filho não era biologicamente seu, mas sim o fruto de uma traição.

Conforme a publicação feita pelo The Mirror, o homem compartilhou sua experiência e explicando como descobriu que não era o pai biológico do filho.

Em seu relato ele contou: “Oito anos atrás, descobri que minha esposa estava me traindo. Tínhamos um filho de dois anos chamado Jake e eu imediatamente fiz um teste de paternidade, e descobri que ele não é meu”.

“A pessoa que me contou sobre o caso é o pai biológico de Jake. Ele tinha 18 anos quando teve um caso com minha esposa (na época com 25 anos). Ele não tinha ideia de que ela era casada e, quando ela ficou grávida, ele a pediu para abortar a criança. Ela disse que fez o aborto e eles se separaram”, relatou o homem.

Segundo ele, dois anos depois o pai biológico de seu filho descobriu a mentira da mulher e decidiu revelar o caso para ele. “Ele não está envolvido na vida de Jake. Eu me divorciei dela e tirei a certidão de nascimento com a ajuda de um advogado amigo meu”.

Ele ainda revelou que a família estava desapontada por ele sair da vida de Jake e tentou por diversas vezes convencê-lo de resolver as coisas com a ex-mulher.

Decidido, ele chegou ao ponto de se mudar de país para evitar contato com sua família, com a ex-mulher e com Jake, que agora, com 10 anos, decidiu entrar em contato com ele por e-mail.

Ele descobriu a traição da mulher e soube que não era o pai biológico do filho

Recentemente ele descobriu que sua ex-esposa e sua família têm dito ao menino que ele “é um pai caloteiro”, apesar de ele não ser legalmente pai do menino.

“Avance para 2021 e Jake, agora com 10 anos. Acontece que todo esse tempo minha família disse a ele que sou um pai caloteiro e o tratou como se fossem parentes de sangue. Eu descobri isso porque ele entrou em contato comigo pelo meu e-mail comercial”, conta o homem.

Confira também:

Ele então decidiu contar a verdade ao menino. “Sua mãe me traiu com um menino de 18 anos e me enganou para ser seu pai. Eu descobri quando você tinha dois anos e me divorciei dela. Eu não sou seu pai. Não compartilho sangue com você. Sei que você é um bom garoto e lamento ter de lhe dizer isso. Por favor, não entre em contato comigo novamente”.

O homem agora se questiona se agiu certo ao ter contado a verdade ao menino. “Agora tenho recebido e-mails a torto e direito de membros da minha família dizendo que fui um idiota por ‘abandonar meu filho’”.

Nos comentários, os usuários apoiaram o home, insistindo que a criança merecia saber da verdade.

“O garoto precisava saber a verdade, se eles não tivessem empurrado a mentira não o teria machucado. Eles são 100% culpados aqui”, ao que outra pessoa acrescentou: “Apesar de acreditar que você era o pai, ela mentiu para você e esperava que você assumisse a responsabilidade de criar o filho de outro homem sem a sua opinião”.

Por outro lado, algumas pessoas acreditaram que ele poderia ter dado a notícia de forma mais suave: “Sua resposta ao garoto foi estúpida. Eu entendo que você está chateado, mas ele tem 10 anos, você poderia ter contato a ele com um pouco mais de tato”.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos