Social

Mãe é expulsa de restaurante após amamentar o filho no local

Mulher é expulsa de restaurante após amamentar o filho no local

Uma mãe foi expulsa de um restaurante após amamentar seu bebê recém-nascido no local. Ela e o marido aguardavam a chegada da família quando foram surpreendidos por funcionários do estabelecimento que disseram a elas para “nunca mais voltar”.

Segundo publicado pelo The Mirror, Ruby Meeden e seu marido Aaron estavam no local para apresentar seu segundo filho às suas famílias. Para isso, decidiram se reunir em um de seus restaurantes preferidos.

Eles chegaram cedo e o bebê, Rhett, precisou ser amamentado. Ruby então amamentou o filho de forma discreta, virada para a parede, mas foi surpreendida pelo dono do restaurante que pediu a eles que fossem embora do local.

Aaron questionou o que havia de errado, mas o dono do restaurante, localizado em Washington, EUA, apenas pediu a eles que nunca mais voltassem. O homem também se referiu a Ruby como um “animal” por meio de uma mensagem online.

Família foi convidada a se retirar do restaurante após mãe amamentar o filho

Segundo Aaron, o dono do restaurante se dirigiu a família de forma grosseira. “Disseram para sair do restaurante e nunca mais voltar, depois de ficar por 45 minutos esperando o serviço com minha sobrinha de seis anos, meu filho de dois e minha esposa com o bebê”.

Ele ainda explica que, por conta do ocorrido, deixaram uma avaliação e um comentário negativos no Google. Somente após esta avaliação foi que Aaron e sua família receberam um retorno do proprietário.

Confira também:

  1. Homens foram pegos furando bloqueio para contenção do Covid-19; eles estavam com dinheiro e diversos pedidos do KFC no porta-malas
  2. Vídeo: Festa de casamento é consumida pelo fogo após fogos de artificio serem disparados
  3. Adolescente vai ao hospital achando estar com apendicite e descobre que estava em trabalho de parto
  4. Mulher dá dicas sobre como lidar com uma ‘sogra tóxica’

“Ele decidiu nos contar por que fomos expulsos. Aparentemente, ele teve um problema com minha esposa amamentando meu filho de três dias. Minha esposa está se sentindo péssima e com vergonha. Não vou voltar lá”.

Aaron também contou que o dono do restaurante respondeu a avaliação dizendo: “Obrigado, nunca mais traga seus pirralhos para amamentar aqui. Meu restaurante, minhas regras. Seja como gente decente, não como bichinho, tem lugar para tudo e esse lugar não é para amamentar os filhos. Desculpe”.

Após o compartilhamento do ocorrido na página da comunidade da cidade no Facebook, um protesto de mães foi realizado na porta do restaurante. Elas tinham como objetivo confrontar o proprietário do local.

Ele optou por trabalhar somente com delivery no dia do protesto além de remover as páginas do restaurante no Facebook e Instagram.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos