logo
Social
/ Reprodução - Instagram / Reprodução - Instagram
Social 14/09/2021

Modelo é duramente atacada após publicar foto para promover restaurante de comida japonesa; caso polêmico voltou a repercutir

A jovem revelou em entrevista que foi vítima de bullying quando mais nova

O caso da modelo Emily Hawthorne, de 21 anos, que aconteceu há um certo tempo, voltou a repercutir após uma nova divulgação pelo portal Mirror UK. Aos que estão se questionando o motivo, a jovem foi duramente atacada após publicar uma foto para tentar promover o restaurante de comida japonesa, Maki & Ramen.

Na ocasião, Emily publicou uma foto em que aparece sentada em casa e em sua frente está uma mesa com diversos alimentos de culinária asiática. [Continua depois do post].

Sobre os ataques, a modelo contou em entrevista que pouco tempo após compartilhar a imagem, resolveu verificar qual era o resultado e então identificou diversas mensagens ofensivas sobre a sua imagem. “Eu estava tremendo fisicamente. Tive um ataque de pânico e pensei: ‘Quero me enrolar como uma bola e me apagar”.

Além do caso da jovem modelo, você pode se interessar por:

Hawthorne contou ainda que o que mais a surpreendeu é que a maioria dos ataques foram feitos por mulheres, quem estavam “dizendo coisas grosseiras e marcando seus amigos. Sempre me ensinaram que as mulheres devem apoiar as mulheres, então ver os comentários ásperos das mulheres foi horrível”.

Na época do ocorrido, o restaurante emitiu um comunicado, no qual repudiou as mensagens contra a modelo.

Por fim, durante sua entrevista, Emily revelou que foi vítima de bullying na escola e esse é um dos motivos que as mensagens a afetaram tanto. “Fui intimidada a ponto de ficar deprimida, chateada e um perigo para mim mesma. Lembro-me de ser muito jovem e não querer mais estar viva. […] A tragédia de ser vítima de bullying nos dias de hoje é que, depois que a provocação termina na escola, ela passa para a internet”.

Você pode se interessar por: