logo
Social
Representação / Image by rawpixel.com Representação / Image by rawpixel.com
Social 10/09/2021

Filho admite ter mumificado o corpo da mãe utilizando areia de gato

A polícia austríaca confirmou a informação de que o corpo mumificado da mulher de 89 anos foi descoberto no porão de sua casa. A descoberta se deu aproximadamente após um ano da data estimada de sua morte.

Segundo publicado pelo The Mirror, o responsável por manter o corpo mumificado foi o filho da mulher. Ele utilizou areia de gato para preservar o corpo e continuar recebendo os benefícios em nome de sua mãe.

Conforme informações da polícia, uma autópsia revelou que a mulher foi assassinada. Além do assassinato da mãe, o filho também foi acusado de fraude beneficente e de esconder o cadáver.

Ele admitiu esconder o corpo mumificado para receber os benefícios de sua mãe

Em depoimento à polícia, o homem admitiu ter congelado o corpo de sua mãe com compressas de gelo para impedir qualquer mau cheiro, antes de envolver o corpo com bandagens para absorver os fluídos corporais.

“Ele ficou com o corpo para continuar recebendo os benefícios”, acrescentou o porta-voz da polícia austríaca.

Confira também:

Nos momentos em que seu irmão o visitava e perguntava sobre a mãe, o homem dizia que ela estava internada no hospital. Desta forma a morte da mulher não era de conhecimento dos outros familiares e de seus amigos.

O responsável pela unidade policial de fraudes da previdência social, Helmut Gufler, declarou que após envolver o corpo da mulher com bandagens, o homem a cobriu com areia de gato para evitar qualquer cheiro, levando a mumificação do corpo.

A descoberta do corpo foi feita após um novo carteiro chamar a polícia até o local. Ele teria exigido ao homem a presença da beneficiária para entregar o dinheiro pessoalmente a ela, mas diante da recusa acionou a polícia.