logo
Social
/ Reprodução / Reprodução
Social 07/09/2021

Homem detido acusado de roubar 6 calcinhas tinha na verdade mais de 700 peças escondidas em sua residência

Autoridades revelaram que ficam surpresas com a quantidade de peças apreendidas

Oficiais da cidade de Beppu, no Japão, prenderam um homem de 56 anos, sob a acusação de roubar mais de 700 peças íntimas femininas de diversas lavanderias.

Segundo informações reveladas pelo portal Publimetro Chile, o sujeito, que foi identificado como Tetsuo Urata, foi a juízo no final de agosto, com a acusação inicial de ter roubado 6 peças íntimas de uma estudante universitária, afirmação esta que ele acabou confirmando ser verdade. Contudo, após investigação, descobriu-se que na verdade o homem contava com exatas 730 roupas íntimas femininas em sua residência.

Você pode se interessar por:

De acordo ainda com detalhes compartilhados, Tetsuo foi identificado através das imagens de diversas câmeras de segurança que o flagraram nas mais distintas lavanderias espalhadas pela cidade.

Por fim, com outras investigações sobre o sujeito em curso, autoridades revelaram estarem surpresas com a proporção do caso: “Há anos não confiscávamos uma quantidade tão grande de calcinhas”.

Além do caso do homem acusado de roubar calcinhas, que tal conferir mais uma notícia?