logo
Social
Jeanette Zacarias Zapata morreu aos 18 anos, após ser nocauteada durante uma luta / Imagem: Daily MailJeanette Zacarias Zapata morreu aos 18 anos, após ser nocauteada durante uma luta / Imagem: Daily Mail
Social 03/09/2021

Boxeadora mexicana morre aos 18 anos após ser nocauteada em luta

Jeanette Zacarias Zapata, de 18 anos, morreu cinco dias depois de ser nocauteada em uma luta profissional.

A boxeadora mexicana Jeanette Zacarias Zapata, de 18 anos, morreu cinco dias após sofrer um nocaute durante uma luta da quarta rodada do GVM Gala International, disputado em Montreal.

Segundo reportagem divulgada pelo Daily Mail, a jovem boxeadora sofreu uma série de socos fortes na lateral do ringue. Ela ficou atordoada após receber um golpe no final do quarto assalto, o qual foi seguido por um gancho de direita que fez seu protetor bucal cair. Ao final do round, ela não conseguiu retornar ao combate.

A jovem parecia ter convulsões e espasmos enquanto ainda estava em pé. Ela foi acompanhada por seu treinador Jovanni Martinez, que a deitou no ringue para receber atendimento.

A equipe médica imobilizou a jovem lutadora para que ela fosse então transferida às pressas para um hospital.

Yvon Michel, promotor da luta, informou no domingo que Zapata havia sido colocada em coma induzido.

Jovem boxeadora faleceu aos 18 anos

Na quinta-feira, 02 de setembro, Michel foi a público novamente para anunciar a morte da boxeadora. “É com grande tristeza e tormento que soubemos, por um representante de sua família, que Jeanette Zacarias Zapata faleceu esta tarde, às 15:45 horas”, pronunciou-se através de uma nota.

“Gostaríamos de oferecer nossas mais sinceras condolências a sua família, entes queridos, amigos e especialmente a seu marido Jovanni Martinez, que este ao lado de sua cama até seus últimos momentos”, termina o comunicado.

Confira também:

A oponente de Zapata, Marie Pier Houle, também expressou suas condolências nas redes sociais, afirmando ter ficado arrasada. “A notícia da morte de uma atleta como Jeanette me deixa triste e arrasada, apresentou minhas sinceras e profundas condolências à família e ao marido dela. Que Deus ilumine sua alma e receba-a em Sua Glória”, escreveu.

O WBC também emitiu um comunicado expressando a tristeza com a morte da jovem atleta. A morte da boxeadora está sendo investigada pelos legistas de Quebec para esclarecimento das causas prováveis.