Social

Restos mortais encontrados podem revelar mais vítimas do Assassino do Táxi

Conhecido como o Assassino do Táxi, Christopher Halliwell está cumprindo pena pelo assassinato de duas mulheres nos anos 2000. Restos mortais descobertos podem estar ligados ao serial killer.

Restos mortais foram encontrados em uma floresta na Inglaterra e podem estar ligados a um conhecido serial killer da região.

Nesta semana, investigadores forenses do condado de Wiltshire, que fica no sudoeste da Inglaterra, encontraram restos humanos na floresta próxima à sede do condado. Eles temem que tais restos humanos possam estar ligados ao assassino em série Christopher Halliwell, conhecido como o Assassino do Táxi, que assassinou as mulheres Sian O’Callaghan, em 2011, e Becky Godden-Edwards, em 2003.

Os trabalhos estão sendo feitos próximos à rodovia M4, que é uma das vias de acesso ao condado inglês. A equipe forense vasculhou uma área próxima à vila agrícola de Bradbury em busca de mais ossos após levarem em consideração informações dos moradores locais.

O assassino em série Christopher Halliwell já está cumprindo duas sentenças de prisão perpétua depois de matar duas mulheres.

Leia mais notícias semelhantes:

  1. Adolescente de 15 anos mata o próprio pai em condomínio no interior de São Paulo para defender a mãe
  2. Vídeo mostra reação chocante de jovem que foi drogada após aceitar bebida em balada
  3. Crime revoltante: suspeito de estuprar criança de 5 anos é preso em Alagoas
  4. “Eu sobrevivi a um serial killer”, diz mulher que foi sequestrada aos 15 anos

Sian O’Callaghan, morta em 2011, foi brutalmente esfaqueada e espancada por Halliwell depois que ela entrou em seu táxi a caminho de casa. Na época das investigações, Halliwell guiou os detetives até o corpo da mulher em uma cova rasa em Oxfordshire. Depois, ele levou os policiais ao corpo de Becky Godden-Edwards, assassinada em 2003, estrangulada até a morte.

Um morador local revelou ao The Sun que está preocupado com relação aos restos mortais encontrados próximo à sua propriedade. Ele acha que a polícia encontrar outro link com o serial killer. “Minha filha disse que achava que poderia estar ligado a Christopher Halliwell porque ela costumava passar por aquela ponte e havia um táxi estacionado lá, e eu também. Você não acha nada disso porque outros veículos estacionam lá, mas ao longo dos anos vimos um táxi estacionado lá e foi esse o nosso primeiro pensamento ontem, depois que os ossos foram encontrados. Nós pensamos: ‘Deve haver mais garotas por aqui em algum lugar».

Os detetives de Wiltshire não descartam nenhuma possibilidade e disseram que ainda é cedo para estabelecer qualquer teoria, já que a investigação está em estágio inicial. Os policiais devem passar os próximos dias vasculhando a área antes que a análise forense seja realizada.

Um porta-voz da Polícia de Wiltshire disse: «Oficiais especialistas estão atualmente conduzindo uma busca meticulosa na área para recuperar qualquer material relevante antes que uma análise científica forense seja conduzida”.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos