Social

Serial Killer do ‘Dating Game’ morre no corredor da morte

O homem, que apareceu no programa de TV americano ‘The Dating Game’, morreu por causas naturais enquanto aguardava a execução da pena.

Rodney Alcala estava no corredor da morte

Rodney Alcala, de 77 anos, conhecido como ‘Dating Game Killer”, faleceu aos 77 anos de causas naturais enquanto aguardava no corredor da morte. Ele recebeu a condenação máxima após matar uma menina de 12 anos e quatro outras mulheres. Segundo as autoridades, a morte de Alcala aconteceu em um hospital perto da cidade de Corcoran, onde ele estava hospitalizado por problemas de saúde.

Segundo o portal The Mirror, Alcala recebeu o apelido de ‘Dating Game Killer’ por ter participado de um programa de TV no qual uma mulher questionava cegamente três homens solteiros antes de escolhê-los com base em suas respostas. Na ocasião, Rodney foi o escolhido por Cheryl Bradshaw. O relacionamento terminou depois que Cheryl o conheceu melhor e o achou assustador.

No momento de sua participação no programa, no ano de 1978, Alcala ainda não havia sido acusado pelos crimes. Foram nos anos seguintes que ele se declarou culpado dos crimes e recebeu a primeira condenação à morte. No entanto, ele passou por diversos outros julgamentos até que a condenação final ocorreu em 2010.

Confissões levaram ao corredor da morte

O Dating Game Killer foi condenado à pena de morte pela primeira vez no ano de 1980, em Orange County. Na época, ele foi acusado do sequestro e assassinato de Robin Samsoe. O crime aconteceu no ano anterior, em Los Angeles.

No entanto, essa sentença foi anulada pela Suprema Corte da Califórnia e foi concedido a ele um novo julgamento, após o qual ele recebeu algumas penalidades.

Em 2003 Alcala teve outra pena revogada. Os investigadores encontraram indícios de novos crimes ligados a ele. Diante disso, um novo julgamento foi realizado. Em 2010, ele foi condenado não só pelo assassinato de Samsoe, mas também pela morte de outras quatro mulheres, com idades entre 18 e 32 anos. Os crimes aconteceram entre 1977 e 1979.

Confira também:

  1. Polícia indicia mulher que matou filha de 1 ano com mais de 20 facadas em Minas Gerais
  2. Vídeo chocante flagrou assassinato de mulher surpreendida pelo ex enquanto mantinha relações sexuais
  3. Padrasto assassina enteada de 17 anos após alegações de abuso sexual
  4. Homem faz acordo em julgamento pelo desaparecimento de sua namorada e acaba revelando o assassinato de sua esposa

No ano de 2012, ele foi extraditado para Nova York, onde foi acusado de mais dois assassinatos ocorridos em 1971 e 1977. Ele se declarou culpado pelos crimes e foi condenado a prisão perpétua.

Uma nova declaração divulgada por funcionários da prisão da Califórnia revelou que ele ainda era suspeito de ter cometido outros assassinatos que permanecem sob investigação. Não foram revelados detalhes adicionais sobre sua morte.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos